Igor Gomes perde espaço no São Paulo desde expulsão contra Atlético-GO

São Paulo, SP

23/09/22 | 06:00

O meia Igor Gomes viu seu espaço no São Paulo diminuir desde a expulsão contra o Atlético-GO, no jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Na ocasião, no Serra Dourada, o jovem revelado em Cotia cometeu duas faltas para parar contragolpe do adversário e foi expulso ainda no primeiro tempo.

O lance foi visto como a "gota d'água" para vários são-paulinos, que estão irritados com as atuações recentes do meia e a indefinição em relação a sua renovação contratual com o clube.

Aparentemente, a falha contra o Dragão também redefiniu seu status com o técnico Rogério Ceni, que sempre enxergou Igor como um jogador imprescindível pela sua aplicação tática e capacidade de fazer mais de uma função em campo.

Desde a partida contra o Atlético-GO, Igor Gomes esteve à disposição de Ceni em quatro oportunidades, sendo titular em apenas uma, contra o Corinthians, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.


No empate em 1 a 1 com o Cuiabá, Igor entrou em campo aos 33 minutos da segunda etapa na vaga de Galoppo. Na derrota por 1 a 0 para o Flamengo, na volta da semifinal da Copa do Brasil, o meia foi relacionado mas sequer entrou em campo.

Contra o Ceará, no último final de semana, Igor Gomes entrou no gramado da Arena Castelão faltando apenas sete minutos para o apito final. O jogador ainda conseguiu dar uma assistência para o tento de Nahuel Bustos, nos instantes finais de partida.

A tendência é que Igor Gomes continue sendo opção para Rogério Ceni no banco de reservas. Rogério Ceni vem dando sequência ao 4-4-2 que possui dois volantes (Pablo Maia e Rodrigo Nestor) e dois meias abertos (Patrick e Alisson).

A renovação de Igor com o São Paulo segue travada. Seu vínculo com o Tricolor Paulista vai até o final de março de 2023 e o jogador pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube a partir de outubro.

Deixe seu comentário