Futebol/Campeonato Brasileiro

Cuca não se acha ultrapassado, mas evita rebater Jorge Jesus

São Paulo , SP
11/09/2019 12:23:34 — 11/09/2019 18:31:04

Em: Brasileiro Série A, Flamengo, Futebol, Notícias, São Paulo

O técnico Cuca deu uma coletiva de imprensa surpresa após o treino matinal do São Paulo nesta quarta-feira. Um dos temas abordados, porém, nada tinha a ver com o clube que comanda e, sim, uma declaração dada por Jorge Jesus, atual técnico do Flamengo, sobre os treinadores brasileiros estarem ultrapassados.

Essa fala do português teria sido feita em 2018 a uma revista francesa, quando Jesus treinava o árabe Al-Hilal. Para Cuca, ele pode ter uma opinião diferente agora que está no Brasil, portanto, a pergunta deveria ser feita a ele.

Português teria falado que técnicos brasileiros são ultrapassados no ano passado, quando ainda não comandava o Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

“Essa entrevista foi na Arábia, no ano passado. Tem muita gente pensando que ele tá no Brasil falando mal do técnico brasileiro. Ele tava no Al-Hilal falando para uma TV ou um jornal francês que divulgou agora. Acho que essa pergunta que você me faz poderia ser feita para o Jorge Jesus, agora que ele tem um conhecimento maior do futebol brasileiro e dos treinadores, ainda que não tenha enfrentado todos. Ele vai poder dizer se teve alguma dificuldade com algum time ou se os treinadores estão ultrapassados”, iniciou.

A resposta continuou, com Cuca afirmando que muito provavelmente Jorge Jesus mudou de opinião. “Acho que ele é um cara que tem ética profissional, tem respeito, foi muito bem recebido no Brasil por todos nós. Teve um curso na CBF, o Mancini me dizia agora, e todos os 20 que estavam lá o receberam de forma maravilhosa. Acho muito raro que ele venha falar isso hoje. O sentimento dele hoje não seria esse”, completou.

Agora, em relação à pergunta propriamente dita, a de ser ultrapassado, o técnico do São Paulo fez uma autoavaliação. Além disso, ele aproveitou para enaltecer a equipe do Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro e adversário a ser batido.

“Tem muito a se evoluir, mas não me sinto de forma alguma ultrapassado. Sigo tudo que é jogo, tudo que é treinamento. Se comparar com os de fora, não se vê diferença. Hoje é tudo online, tudo integrado. O que muda são as estratégias. O Jorge Jesus tem, por mérito dele e do Flamengo, um baita time. Os 11 que jogam são nível de Seleção. Foi montada uma estrutura maravilhosa dentro de um orçamento, e isso tem que se tirar o chapéu não só ao treinador, mas ao que o Flamengo fez. O campeonato é longo. Tem muita coisa para queimar”, disse.

Para finalizar, Cuca avaliou o time do São Paulo e comentou se é possível bater de frente com o Rubro-Negro. No momento, o Tricolor é o quinto colocado no Brasileiro, com 31 pontos, enquanto o Fla é o líder, com 39, ou seja, são oito pontos de vantagem.

“Não é bater de frente com o Flamengo. O que a gente quer é uma regularidade, que a gente teve um tempo atrás e perdeu agora em três jogos. Não temos tantos jogadores em nível de seleção, mas tenho confiança em fazer um grande segundo turno e dar uma arrancada. Nosso time é bom também”, finalizou.




×
Quer receber notícias do São Paulo?