Bruno Alves ressalta evolução do São Paulo com Diniz: “Esse é o caminho”

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

18-02-2020 11:36:09

Um dos líderes do elenco são-paulino, Bruno Alves defendeu o trabalho realizado por Fernando Diniz no clube nesta terça-feira, após mais um treinamento da equipe. Embora as vitórias não estejam vindo e a pressão de parte da torcida por melhores resultados esteja aumentando, o zagueiro tricolor fez questão de ressaltar a evolução do futebol apresentado pelo time em 2020.

“Acredito que em alguns aspectos pode ser que sim”, respondeu Bruno Alves quando questionado se a falta de gols pode gerar mais ansiedade à equipe e, consequentemente, atrapalhar o desempenho no jogo. “Criamos, mas não vai saindo o gol. O time tem que ser maduro, frio, para na hora que houver oportunidade de concluir, marcar o gol. O mais difícil está sendo feito, que é envolver todo o time, movimentos de zagueiros, goleiro, lateral, troca de posicionamento para ter essas movimentações no campo ofensivo”.

De fato, o time vem agredindo os rivais. Até agora, o São Paulo já finalizou 114 vezes no Campeonato Paulista, mas marcou apenas seis gols. As chances estão sendo criadas, o time vem sendo superior aos seus adversários, mas o resultado, efetivamente, não está vindo.

“Esse ano estamos mais agressivos, pisando mais na área. Então, quando os gols começarem a sair, vai dar uma tranquilidade maior para que as coisas possam fluir melhor”, prosseguiu Bruno Alves.


Na última segunda-feira, o São Paulo resolveu se manifestar através de suas redes sociais a favor de Fernando Diniz. Contra o Corinthians, o treinador chegou a ser chamado de burro por parte dos torcedores, e o clube publicou um compilado de jogadas trabalhadas pela equipe durante o clássico para exemplificar a notável evolução no futebol apresentado pelo Tricolor.

“Acho que esse é o caminho, todo mundo remando para o mesmo lado, todos pensando em um só objetivo, que é levar o São Paulo ao caminho dos títulos. Temos que melhorar em alguns aspectos, mas tenho certeza que, quando a bola começar a entrar, vamos subir de nível e as vitórias vão vir”, concluiu.

 

Deixe seu comentário