Após reunião, Aidar e Ataíde são expulsos do Conselho Deliberativo do São Paulo

São Paulo, SP

26-04-2016 00:18:03

Carlos Miguel Aidar e Ataíde Gil Guerreiro não são mais conselheiros do São Paulo. Em reunião realizada nesta segunda-feira, o conselho deliberativo do clube votou por punição máxima aos dois dirigentes, após denúncia do Comitê de Ética, e optou pela expulsão do ex-presidente e do agora ex-vice-presidente de futebol do colegiado do quadro de conselheiros.

A denúncia do Comitê de Ética do São Paulo aconteceu após uma briga entre Carlos Miguel Aidar e Ataíde Gil Guerreiro, em outubro, na qual houve agressão física por parte do ex-vice presidente de futebol. Contra o ex-presidente do Tricolor, pesaram ainda acusações de corrupção, desvio de dinheiro e lesão aos cofres do clube, como no caso envolvendo a negociação do jogador Iago Maidana, que acabou sendo o estopim da renúncia de Aidar ao cargo, ainda no ano passado.

A expulsão de Carlos Miguel Aidar do conselho deliberado já era esperada. No entanto, a exclusão de Ataíde Gil Guerreiro dependia da reunião realizada nesta segunda-feira.

Apesar da expulsão do quadro de conselheiros vitalícios do clube, os dois dirigentes seguem associados ao Tricolor, porém, foram afastados da vida política no São Paulo.

 

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?