Gazeta Esportiva

Após clássico, Anderson Martins pede foco e elenca rivais por título

São Paulo, SP

23/07/18 | 14:40 - 23/07/18 | 14:41


O São Paulo venceu o Corinthians por 3 a 1 no último sábado, no Morumbi, e se manteve na cola do Flamengo, líder do Campeonato Brasileiro. Anderson Martins, autor do gol que abriu o caminho para a vitória do Tricolor, já deixou o Majestoso no passado e pediu foco para a sequência da equipe na competição.

“Dá satisfação vencer um clássico. Nosso grupo é experiente, com jogadores rodados. A gente sabe dividir as coisas. Não pode relaxar, tem que manter o foco, o trabalho e o nível de atuação. A gente comemora, fica feliz, mas quinta-feira tem jogo muito difícil contra o Grêmio, precisamos estar concentrados para não sermos surpreendidos lá”, alertou o zagueiro, em entrevista ao Sportv, nesta segunda-feira.

Durante a pausa para a Copa do Mundo, o São Paulo se preparou para uma sequência de quatro jogos considerados decisivos. Com 100% de aproveitamento após os triunfos sobre Flamengo e Corinthians, os comandados de Diego Aguirre vislumbram seguir somando pontos contra Grêmio e Cruzeiro, fora de casa.

“Todos os jogadores entenderam o que precisava ser feito, toda a preparação que fizemos nessa parada foi voltada para esses jogos decisivos. A gente sabe que temos grandes jogos ainda. A equipe do Grêmio é forte, o Cruzeiro também, mas o Campeonato Brasil é assim, não tem jogo fácil”, analisou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Titular absoluto da zaga são-paulina após um início de temporada marcado por lesões, Anderson Martins também elencou cinco clubes como favoritos ao título nacional. Além de Flamengo, primeiro colocado, com 30 pontos, e o próprio São Paulo, vice-líder, com 29, estão na lista Cruzeiro (3º), Atlético-MG (4º) e Palmeiras (5º).

“É um pouco cedo para falar, mas esses cinco são os elencos mais fortes do Campeonato Brasileiro. Temos comentado aqui que o campeonato vai ser decidido nas últimas 10 rodadas. Se a gente procurar estar bem próximo desse bolo, vamos chegar forte para brigar”, concluiu.

Deixe seu comentário