Santos ganha respiro após maratona de um jogo a cada 60 horas

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

12-05-2021 07:00:19

O Santos ganha um respiro no calendário após a vitória na última terça-feira contra o Boca Juniors (ARG), na Vila Belmiro, pela Libertadores da América.

O Peixe disputou 14 jogos em 35 dias - média de uma partida a cada dois dias e meio (60 horas). No período, o Alvinegro viu Ariel Holan sair, Marcelo Fernandes assumir interinamente e Fernando Diniz estrear diante do Boca: cinco vitórias, três empates e seis derrotas.

"Muito importante (a semana cheia), né? Chegada de treinador novo, filosofia de trabalho diferente. Vamos trabalhar muito. Vamos fazer um grande jogo lá (na Bolívia), adversário direto, temos tudo para ir atrás dessa classificação", disse o goleiro João Paulo.

O Santos voltará a campo para enfrentar o The Strongest, na próxima terça-feira, na altitude da Bolívia. Segundo colocado, o Peixe precisa vencer para continuar na zona de classificação para as oitavas de final da competição continental. Diniz terá uma semana de preparação para conhecer de fato o elenco e iniciar as primeiras mudanças táticas.

Para efeito de comparação, o Alvinegro terá sete jogos nos próximos 35 dias, metade dos compromissos do período anterior.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?