Santos exige "retidão e imparcialidade" após escolha de árbitra para clássico contra o São Paulo - Gazeta Esportiva
Santos exige "retidão e imparcialidade" após escolha de árbitra para clássico contra o São Paulo

Santos exige "retidão e imparcialidade" após escolha de árbitra para clássico contra o São Paulo

Gazeta Esportiva

Por Redação

12/02/2024 às 22:56 • Atualizado: 13/02/2024 às 00:05

São Paulo, SP

Na noite desta segunda-feira (12), o Santos divulgou uma nota se posicionando sobre a escolha da árbitra Edina Alves Batista para apitar o clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. O Peixe declarou respeitar a escolha da Federação Paulista de Futebol (FPF), mas exigiu "retidão e imparcialidade" da equipe de arbitragem escalada para o jogo.

"Sobre a escolha da árbitra Edina Alves para apitar o clássico São Paulo e Santos no Morumbis, o Santos FC respeita a decisão da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol, espera que graves erros cometidos pela arbitra no passado tenham servido de reflexão e aprimoramento em seu nível técnico para que possa conduzir junto com seus auxiliares um jogo tão importante da primeira fase do Campeonato, sem prejuízo ao espetáculo, para que os protagonistas da partida sejam os atletas", afirma.

"O Santos FC está em fase de reconstrução de sua história, não precisa ser beneficiado, mas exige retidão e imparcialidade para que nada o prejudique nesta retomada", completa o clube.




Como citado no comunicado, o Santos entende que Edina cometeu "graves erros" em partidas do time no passado. Esta não é a primeira vez que o Alvinegro Praiano contesta a escolha da árbitra para apitar jogos da equipe, fato que também aconteceu em fevereiro de 2023, antes de clássico contra o Corinthians.

Além disso, em 2022, a FPF admitiu erro da equipe de arbitragem liderada por Edina na derrota do Peixe por 3 a 0 para o próprio São Paulo, na Vila Belmiro. Na ocasião, a árbitra não marcou dois pênaltis para os donos da casa.

Responsável pelo apito no confronto desta quarta-feira, Edina Alves Batista será auxiliada por Marcelo Carvalho Van Gasse e Fabrini Bevilaqua Costa. Luiz Flávio de Oliveira será o quarto árbitro, enquanto Daiane Muniz dos Santos comanda o VAR.

Santos e São Paulo se enfrentam pela oitava rodada do Paulistão, às 19h30 (de Brasília) de quarta, no Morumbis. Com 16 pontos, o Peixe lidera o Grupo A do Estadual, assim como o Tricolor, que soma 13 unidades e ocupa a primeira posição do Grupo D.

Conteúdo Patrocinado