Sandry vacila em retorno de lesão, mas deve ganhar novas chances no Santos

São Paulo, SP

03/08/22 | 07:00 - 02/08/22 | 19:50

Depois de ficar afastado por cinco jogos devido a uma lesão muscular na coxa, Sandry voltou aos gramados nesta segunda-feira, no empate de 2 a 2 com o Fluminense, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O seu retorno, no entanto, não foi como o esperado.

O meio-campista entrou aos 17 minutos do segundo tempo, quando o Peixe ainda vencia por 1 a 0. Instantes depois, o garoto acabou cometendo um pênalti bobo. Após cobrança de escanteio, ele derrubou Matheus Martins na área. Na batida, Ganso deixou tudo igual.

Em entrevista coletiva, o técnico Lisca comentou sobre a penalidade de Sandry e disse que o volante entrou afobado na partida. Apesar disso, o Menino da Vila deve receber novas chances para tentar se recuperar.

“Sandry entrou afobado depois de um tempo sem jogar. O Sánchez me dá consistência, articulação, mas não ataca as linhas como o Sandry faz. Se precipitou e foi um pênalti bem cachorrinho, mas dá para marcar, houve um toque no Matheus Martins. Eu precisava de mais força, mas houve excesso. Corremos pelo Sandry e nós perdemos e ganhamos juntos. Quando errar, vamos dar a bola de novo porque assim o jogador ganha confiança. Não tenho 11 titulares”, disse o técnico.

Neste ano, o meio-campista foi utilizado em 28 das 46 partidas do Alvinegro Praiano. Destes embates, ele foi titular em somente 14. Ao todo, ele soma 1285 minutos dentro de campo.

O baixo número de jogos pode ser explicado pelo alto número de lesões que Sandry vem enfrentando. O garoto vem sofrendo desde o ano passado, quando disputou apenas oito partidas devido a uma grave lesão no joelho. Nesta temporada, ele contraiu covid-19 duas vezes, sofreu uma entorse no tornozelo e uma lesão muscular na coxa.

Agora, o volante espera poder se redimir e se reencontrar com o bom futebol na próxima segunda-feira, quando o Santos visita o Coritiba, às 20 horas (de Brasília), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Deixe seu comentário