Presidente do Santos diz que bloqueio pode causar novo atraso de salário

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

03-04-2019 10:00:30

O presidente do Santos, José Carlos Peres, diz que o bloqueio nas contas pode causar um novo atraso no pagamento do salário de março, a ser quitado na próxima sexta-feira.

A advogada Fátima Cristina, da empresa Bonassa Bucker, voltou a ganhar na Justiça contra o Peixe. A profissional cobra R$ 13 milhões por serviços prestados ao Alvinegro na gestão de Modesto Roma.

"Temos um bloqueio lamentável. Colocamos um contrato sob dúvida, estamos processando. É o escritório da Fátima. Acontece que se cair o dinheiro que está para cair, juiz civil bloqueia e fica passando. Se encontrar dinheiro, leva. Podemos ter problema em abril, o que eu lamento bastante. Ela tem força no tribunal, fica difícil", disse o presidente.

"Temos que desbloquear até sexta. Conversaremos com o juiz para honrar os compromissos. Se continuar bloqueado, veremos o que faremos", completou.

A advogada cobra R$ 9.971.271,00 no projeto para entrar em acordo com a Doyen Sports, R$ 1.177.901,79 de “consultoria jurídica”, R$ 638.968,95 do “Projeto Teisa”, R$ 400 mil do “Projeto Espanha”, R$ 325.767,92 do “Projeto Sports10”, R$ 247.684,06 do “Projeto Audax” e, por fim, R$ 202.396,00 em serviços para a presidência. Um total de R$ 12.963.989,72.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?