Gazeta Esportiva

Pará blinda Jesualdo de desfalques por lesão e diz: "Temos um elenco enxuto, mas qualificado"

São Paulo, SP

05/02/20 | 07:00

Jesualdo Ferreira terá sua primeira semana cheia para treinamentos (Foto: Ivan Storti/Santos)

Uma das principais dores de cabeça do início de Jesualdo Ferreira no Santos tem sido as lesões. O português já perdeu oito jogadores contundidos e teve seu começo de trabalho prejudicado. Apesar das críticas, o lateral-direito Pará defendeu o comandante e classificou o grupo como "qualificado e enxuto".

"É difícil isso para o treinador, que não tem todas as peças à disposição para tentar nos pedir o que ele acha. Infelizmente tivemos várias lesões. Nosso elenco é qualificado, mas enxuto, então, sentimos a falta dos jogadores que estão de fora", comentou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Os problemas de Jesualdo vão da zaga ao ataque. Na linha defensiva, Lucas Veríssimo se recupera de um estiramento no joelho esquerdo. O atleta vem passado por reavaliações, mas ainda não tem data definida para retornar. É o mesmo caso do companheiro Felipe Aguilar. O colombiano está com um edema na coxa direita e, assim como Veríssimo, sequer foi inscrito na fase inicial do Paulistão.

Na lateral, Madson, recém-contrato, ainda não teve condições de estrear por ter atingido a forma física desejável. O meio-campista Carlos Sánchez precisou ser poupado no clássico contra o Corinthians por conta de desgastes musculares.


O contratempo é ainda mais grave no ataque, já havendo cinco machucados. Na estreia do estadual, contra o RB Bragantino, Marinho teve uma fratura no pé esquerdo e Kaio Jorge teve um entorse. O último já se recuperou. O paraguaio Derlis González também sentiu um desconforto muscular nas últimas semanas, mas tem condições de jogo. A última baixa foi do jovem Arthur Gomes, autor do primeiro gol do Santos na vitória sobre o Guarani, que precisou ser substituído antes do intervalo, sentindo dores no músculo posterior da coxa direita.

Com uma semana cheia para treinamentos, a esperanças é que Jesualdo consiga recuperar o mais rápido possível seus jogadores. O próximo desafio do Peixe será só na próxima segunda, às 20h, na Vila Belmiro, diante do Botafogo-SP, pela 5ª rodada do Campeonato Paulista.

Deixe seu comentário