Gazeta Esportiva

Para 2023, Santos busca ser novamente temido em casa; veja números recentes na Vila

São Paulo, SP

30/11/22 | 06:00

O Santos não registrou grande desempenho como mandante em 2022 e busca retomar o bom aproveitamento em casa na próxima temporada. Neste ano, o Peixe foi mal na Vila Belmiro, estádio que costuma contar com grandes exibições da equipe.


No total, o Alvinegro Praiano disputou 31 jogos em seus domínios: foram 14 vitórias, nove empates e oito derrotas (54,8% de aproveitamento). Na temporada anterior, por exemplo, jogou 35 partidas e acumulou 19 triunfos, nove igualdades e sete reveses (62,8% de aproveitamento).

O Peixe até registrou bons números no início de 2022, incluindo embates de Paulistão, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. O período coincidiu com a chegada do técnico Fabián Bustos, que acumulou sete vitórias consecutivas na Vila entre março e maio.

A equipe, todavia, contou com grande queda de desempenho logo após aquele bom momento e quebrou um recorde negativo. Entre maio e julho, ficou sem vencer em casa por sete jogos consecutivos e, assim, teve a pior sequência como mandante neste século. A última partida deste recorte, aliás, acabou sendo traumática: o empate por 1 a 1 contra o Deportivo Táchira-VEN, que culminou na eliminação da Copa Sul-Americana.


De forma mais específica, o Santos ainda registrou a sua pior campanha como mandante na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro. O clube somou apenas 29 pontos: foram oito vitórias, cinco empates e seis derrotas, ou seja, um aproveitamento de 50,8%.

Dos jogos mencionados, 17 deles foram disputados na Vila Belmiro (oito triunfos, três igualdades e seis reveses). Os outros dois ocorreram na Arena Barueri e acabaram empatados (sem gols contra o Ceará e por 1 a 1 diante do Avaí).

O aproveitamento explicitado representa o pior do Santos desde 2003, quando a Série A começou a ser disputada no formato de pontos corridos - na época, com 24 times. Já o melhor número registrado pelo Peixe foi em 2015, quando somou 48 pontos (84,2%). O aproveitamento também foi superior a 80% em 2016 (82,4%), 2006 (82,4%), 2004 (81,2%) e 2019 (80,7%).

Atualmente de férias, o elenco do Santos retorna aos gramados no dia 15 de janeiro de 2023, quando enfrenta o Mirassol, em casa, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. Além de atuar na Vila Belmiro, a equipe também disputará jogos no Canindé.

Deixe seu comentário