Gazeta Esportiva

Modesto vê Dorival e manutenção da base como trunfos para 2017

São Paulo, SP

27/12/16 | 09:00

Modesto Roma Júnior, presidente do Santos, confia no sucesso de Dorival (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Modesto Roma Júnior, presidente do Santos, confia no sucesso de Dorival (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O santista Dorival Júnior é o treinador há mais tempo no cargo entre os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. Para Modesto Roma Júnior, presidente do time praiano, a manutenção do técnico e do próprio elenco são trunfos que podem ser decisivos em 2017.

“O Santos teve sua melhor fase - e isso é indiscutível - com um técnico que comandou o time durante 11 anos e depois foi substituído pelo auxiliar que comandou por mais seis anos”, disse Modesto à ESPN Brasil em alusão a Lula e Antoninho Fernandes, treinadores da Era Pelé.

Contratado pelo Santos no ano passado, Dorival Júnior conduziu o time ao vice da Copa do Brasil 2015 antes de ganhar o Campeonato Paulista 2016 e ficar com novo vice no Brasileiro 2016. Na visão de Modesto, além de manter o técnico, é fundamental seguir com a base do elenco.

“Pessoalmente, acredito muito na continuidade. Todos elogiamos o trabalho do Fernando Diniz no Audax e ele manteve aquele elenco durante cinco anos. Há a questão do técnico, mas também é importante manter o elenco, e nós estamos mantendo”, declarou.

Embora Robinho tenha reiterado que seu foco é o Atlético-MG, com quem tem mais um ano de contrato, Modesto Roma Júnior ainda sonha com o retorno do atacante. O meia equatoriano Juan Cazares e o volante Leandro Donizete, mais dois atletas do time mineiro, também são especulados na Vila Belmiro.

“A base foi mantida e é isso que faz o Santos ter uma performance melhor e mais segura dentro de campo: todo o mundo conhece todo o mundo”, sublinhou Modesto, valorizando a continuidade do elenco. “Isso ajuda muito no progresso da equipe”, completou.

Deixe seu comentário