Matheus Ribeiro não convence e deve perder titularidade no Santos

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

10-06-2017 09:00:00

Logo em sua primeira entrevista como técnico do Santos, Elano deixou claro que não iria mais colocar jogadores improvisados em algumas posição, como Dorival Júnior vinha fazendo antes de ser demitido. Porém, o interino deve apelar para a improvisação no duelo contra o Atlético-PR, neste domingo, às 19h (de Brasília), em Curitiba, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Isso porque Matheus Ribeiro não entrou bem na vitória sobre o Botafogo, na última quarta, no Pacaembu. Nervoso, o jovem 24 anos sofreu defensivamente e quase 'entregou' um gol no primeiro tempo. Após o intervalo contra o Fogão, Elano sacou o lateral e colocou Jean Mota na posição.

A má atuação de Matheus fez o técnico interino treinar com o voltar a improvisar Mota como lateral nos últimos treinos. A tendência é que o meia seja titular contra o Furacão, já que o titular Zeca segue sem condições de jogo e só deve voltar ao time no clássico diante do Palmeiras, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro.

Além disso, Elano também deve promover outras duas alterações no time que encara o Atlético-PR. Vitor Bueno será recuado para o meio de campo e Copete assume o posto na lateral do ataque. Com isso, Emiliano Vecchio volta para o banco de reservas.

Por fim, mesmo recuperado de um estiramento muscular na coxa direita, sofrido na partida contra o Coritiba, no dia 20 de maio, Lucas Lima será poupado pela comissão técnica e nem viaja para Curitiba.

O provável Santos neste sábado será formado por: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Vitor Bueno; Bruno Henrique, Copete e Kayke.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?