Márcio Santos critica Peres, elogia Rollo e destaca papel de Cuca no Santos

São Paulo, SP

30-11-2020 05:00:05

Coordenador de futebol do Santos desde outubro, o ex-zagueiro Márcio Santos concedeu entrevista exclusiva ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, neste domingo. O tetracampeão mundial rasgou elogios ao atual presidente do Alvinegro praiano, Orlando Rollo, e fez duras críticas ao antigo mandatário José Carlos Peres.

“O Orlando Rollo está na presidência do Santos faz poucos dias e está conseguindo fazer milagre. Coisas que as outras três gestões não fizeram, ele fez em 30 dias. Se ele estivesse desde o começo da gestão, o Santos estaria voando baixo”, disse.

“Transparência é tudo. O que aconteceu nas últimas gestões do Santos foi total falta de transparência. As coisas não estavam andando. O presidente (José Carlos Peres) sofreu o impeachment por isso, todas as contas foram reprovadas. Acho que foi tardia a saída dele, faltando um mês para a eleição que ele sofreu o impeachment. O Santos estava em uma situação bem, difícil, foi punido pela Fifa, tinha três punições. Coincidiu com o surto de covid-19 no time, perdemos oito titulares e toda a comissão técnica. E mesmo assim a molecada deu resposta, tem feito a diferença", completou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Márcio Santos fez o curso de gestão de futebol na CBF Academy com Rollo, que estava como presidente interino do Santos desde o afastamento de José Carlos Peres, em setembro, e foi empossado após o impeachment do antigo mandatário, na semana passada.

Apesar dos problemas financeiros e do conturbado momento da diretoria, o Santos faz uma boa campanha no Campeonato Brasileiro. Atualmente, o Peixe é o sexto colocado, com 37 pontos conquistados em 23 rodadas. Para Márcio Santos, a boa fase da equipe é fruto do trabalho do técnico Cuca e dos garotos oriundos das categorias de base do clube.

“O Cuca está fazendo um excelente trabalho no Santos. Está conseguindo blindar (o elenco), os problemas do clube não chegam no CT. Ele consegue separar isso, os jogadores, principalmente, estão conseguindo separar isso. É um time jovem. Por não poder contratar, pela punição da Fifa, subiu muita gente. Eles estão ajudando muito o Santos nesse momento difícil", destacou.

Para exemplificar o papel dos jovens jogadores, o coordenador de futebol do Alvinegro lembrou a vitória por 2 a 0 sobre o então líder Internacional. Na ocasião, o Santos estava repleto de desfalques por conta de um surto de coronavírus e contou com gols dos garotos Kaio Jorge e Ivonei para triunfar.

“Estou acompanhando o dia a dia, vejo a dedicação que eles (jogadores) tem tido no treino. O Cuca sabe extrair o máximo desses meninos, que chegaram com personalidade no time de cima. Um exemplo que vou frisar é o jogo do Inter. Ganhamos do líder do Campeonato com três meninos que na primeira chance foram titulares. Jogaram como veteranos. O sub-23 do Santos tem ajudado muito o time de cima. Nós fomos muito prejudicados por várias situações, principalmente com a pandemia. E o ritmo não caiu", afirmou.


Por fim, Márcio Santos disse que acredita que o Santos pode continuar fazendo boa campanha no Brasileirão e chegar longe na Libertadores. No jogo de ida das oitavas de final do torneio continental, o Peixe venceu a LDU, em Quito, por 2 a 1.

"A reta final do Brasileiro que conta bastante. Eu sempre falo que o primeiro turno serve para arrumar o time. Na Libertadores também, está fazendo uma excelente campanha, ganhou todos os jogos fora de casa. O Cuca está sabendo trabalhar com esses jovens, que estão dando uma resposta muito boa”, finalizou.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?