Lucas Braga corresponde, e Holan ganha boa dor de cabeça no Santos

Pedro Nascimento - São Paulo,SP

07-04-2021 09:00:00

Marcando três gols no San Lorenzo fora de casa, o Santos deu um importante passo em busca da vaga na fase de grupos da Libertadores. Jogando pela esquerda, Lucas Braga foi a aposta de Ariel Holan para o ataque e não decepcionou, marcando o primeiro gol do Peixe na partida.

Com um Santos postado para recuperar a bola e acelerar, Lucas Braga foi uma importante válvula de escape pelo lado do campo. Correspondendo no jogo decisivo, o atacante plantou uma boa dor de cabeça no treinador argentino.

Isso porque Holan tem diversas opções para montar o setor ofensivo do time para a sequência da temporada. O único titular absoluto é Marinho, que voltou de lesão no joelho esquerdo e atuou contra o San Lorenzo pela primeira vez em mais de dois meses.


Soteldo, que é uma importante peça da equipe, não foi escalado por ter ficado de fora das semanas de treino em Atibaia, devido ao problema logístico na Venezuela. Uma alternativa seria escalar o venezuelano por dentro, como um meia, função essa que já foi exercida pelo camisa 10 anteriormente.

Outro nome que pede cada vez mais espaço é Ângelo. O atacante de 16 anos, que se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol na história da Libertadores, pode encontrar dificuldade no início por jogar prioritariamente pela direita, setor ocupado por Marinho.

Caso queira tornar o time mais móvel, Holan pode escalar o Peixe sem uma referência no ataque, como Kaio Jorge e Marcos Leonardo. Nesse cenário, Marinho, Soteldo, Lucas Braga e Ângelo disputariam as três vagas da frente.

Santos e San Lorenzo voltam a se enfrentar na terça-feira da semana que vem, às 21h30, no Mané Garrincha. Para garantir a vaga na fase de grupos da Libertadores, o Peixe pode até perder por um gol de diferença em Brasília.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?