Levir mostra preocupação com ambiente, mas vê Santos 'entre os melhores'

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

12-06-2017 19:14:16

Apresentado oficialmente como novo técnico do Santos na tarde desta segunda-feira, Levir Culpi demonstrou um tom bem-humorado em praticamente todas as respostas durante sua primeira entrevista coletiva no Peixe. O treinador só falou um pouco mais sério quando foi questionado sobre o ambiente no elenco santista.

Vale lembrar que Dorival Júnior, demitido no último dia 4, após derrota para o Corinthians, em Itaquera, teve alguns desentendimentos com o argentino Emiliano Vecchio. O meia, inclusive, chegou a ser afastado pelo ex-treinador e só voltou ao time com o interino Elano.

"É um fator que me preocupa muito. O ambiente de trabalho tem muita influência na positividade. Eu prezo muito isso. Eu procuro um ambiente que todos se sintam feliz. E se alguém não estiver satisfeito é importante que essa pessoa saia. Se está insatisfeito você falha no trabalho. Eu procuro uma relação próxima. Sem um bom ambiente a gente não tem tudo", disse Levir.

Levir Culpi foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé (Foto: Vitor Anjos)

Apesar da apresentação, o novo técnico terá apenas um dia para preparar e escolher o time que entra em campo no clássico contra o Palmeiras, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com pouco tempo para trabalhar, Levir admitiu que ainda precisa conhecer melhor o elenco do Peixe. Porém, o comandante fez questão de elogiar o plantel santista.

"Eu conheço pouco. A gente viu o time jogando, mas são 37 atletas. Tem até argentino no Santos. A gente não gosta de argentino. Eu brinco com eles. Eu tenho que conhecer melhor a personalidade de cada um. Mas, de certeza, o elenco é um dos melhores do país. Vi o trabalho do Dorival, com a manutenção do elenco. Temos que melhorar ainda mais esse grupo. Quero ver o elenco. Quem está jogando. Observei algumas coisas. Mas os elencos são muito parecidos no Brasil. Depende do relacionamento. Vale muito o trabalho. Eu acho ótimo o elenco do Santos. Nós temos força suficiente", completou o novo técnico.

Deixe seu comentário