Gustavo Henrique reconhece que expulsão no Mineirão foi justa

São Paulo , SP
18/08/2019 19:20:50 — 18/08/2019 23:37:25

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Santos

A expulsão de Gustavo Henrique comprometeu as pretensões do Santos contra o Cruzeiro. Após o revés sofrido no Estádio do Mineirão, o zagueiro reconheceu que o cartão vermelho recebido de maneira precoce foi aplicado corretamente.

Ainda antes do primeiro minuto de jogo, Pedro Rocha recebeu de David de frente para o gol e acabou derrubado por Gustavo Henrique. Após rever o lance pelo monitor do VAR, o árbitro Anderson Daronco expulsou o zagueiro do Santos e a vida do Cruzeiro ficou mais fácil.

“Achei que foi justa. Primeiro lance do jogo. Fui tentar pegar a bola e, infelizmente, não consegui. Acabei acertando o jogador deles. É claro que dificultou muito o jogo e não era o que eu queria. A gente nunca entra para errar, pelo contrário. Entrei para ajudar meus companheiros”, declarou Gustavo Henrique.

No final do primeiro tempo, Fred marcou para o Cruzeiro e encerrou um jejum de 16 jogos. No começo da etapa complementar, o centroavante escorou como pivô para finalização certeira de Thiago Neves. Em inferioridade numérica, o Santos praticamente não conseguiu ameaçar o gol de Fabio.

“Infelizmente, a gente tem dias ruins. Vamos continuar trabalhando para evoluir”, disse Gustavo Henrique. Após a expulsão, na tentativa de recompor a defesa, o técnico Jorge Sampaoli trocou Evandro por Pará e, no intervalo, resolveu sacar o jogador para colocar Luiz Felipe.

Com 32 pontos ganhos, dois de vantagem sobre Flamengo e Palmeiras, o Santos permanece na liderança do Campeonato Brasileiro. Pela 16ª rodada, o time alvinegro volta a campo para enfrentar o ameaçado Fortaleza às 16 horas (de Brasília) de domingo, no Estádio da Vila Belmiro.




×
Quer receber notícias do Santos?