Ex-Santos, Rodrigo Chipp recebe convite para trabalhar na base do Athletico

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

23-11-2021 13:18:18

Ex-Santos, Rodrigo Chipp foi convidado para trabalhar na base do Athletico. E aceitou a proposta. Há ainda a incerteza sobre a função: técnico do sub-17, auxiliar do sub-20 ou coordenador.

Chipp era técnico do sub-20 até entregar o cargo diante de resultados ruins.

"Agradeço ao Santos Futebol Clube pela oportunidade de trabalhar nesse gigante do futebol mundial. Cheguei ao clube em Fevereiro de 2020 para um projeto “Formativo” na categoria Sub 17. Em Agosto fui promovido como treinador da categoria Sub 20. No início de Outubro, devido à troca de presidente, fui afastado da categoria Sub 20. Continuei no clube como auxiliar da categoria Sub 23, ficando até Julho de 2021, mês em que aceitei o desafio para voltar à categoria Sub 20 como treinador. Assumi a equipe na terceira rodada do Brasileiro da categoria. Sabia que teríamos muito trabalho para remodelar, criar uma identidade e equilibrar os jogos no competitivo certame nacional, ainda mais sem o tempo necessário para treinar. Obrigado a todos os jogadores que sempre acreditaram na ideia, se dedicaram, e sempre entenderam a forma intensa, frontal e por vezes peculiar que caracterizei os treinamentos e os jogos. Agradeço também aos colegas de trabalho. Foi um prazer compartilhar ideias e ideais de futebol e de vida com vocês. Obrigado queridos torcedores que criaram expectativas com o meu trabalho, acompanharam e torceram. Mais um período de aprendizado onde amadureci como ser-humano olhando para o futebol por outro ângulo. Levo essa experiência com muita sabedoria para as próximas que estarão chegando. Obrigado Santos e um até breve com toda certeza", escreveu Chipp, em nota de despedida do Santos.

Outro profissional ex-Santos no Athletico é Pablo Fernandez. O técnico assume o comando do sub-20 do Furacão. Vale lembrar que a diretoria atleticana conta com outros dois dirigentes de passagem pelo Peixe: Paulo Autuori e William Thomas.

Deixe seu comentário