Emprestado pelo Santos, Cleber se despede do Oeste e mira Série A em 2020

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
06/12/2019 06:00:28

Em: Escolha do editor, Futebol, Notícias, Santos
Cleber Reis mira Série A em 2020 (Jefferson Vieira/Oeste FC)

Emprestado pelo Santos para o Oeste na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, Cleber Reis não deve permanecer na equipe de Barueri.

O Oeste tem interesse em mais um ano de empréstimo, mas o zagueiro de 28 anos se despediu do clube nas redes sociais e mira chance na primeira divisão em 2020.

“Final de campeonato é também época de despedida. Gostaria de agradecer, primeiramente, Deus e a cada um que fez parte da minha passagem pelo Oeste. Foram meses de muito trabalho e dedicação, mas também um período em que desenvolvi grandes amizades. O resultado final do campeonato não foi o melhor possível, mas graças ao suor de cada um pudemos manter o Rubrão na série B. Agradeço também a comissão técnica por confiar em meu trabalho, a diretoria, por fazer um esforço na minha contratação e a torcida, que me abraçou desde o instante em que cheguei. A passagem por Barueri foi curta, mas certamente deixará lembranças para sempre. Valeu, Rubrão!”, escreveu Cleber.

Cleber Reis disputou 21 jogos na Série B e foi o capitão do Oeste, salvo do rebaixamento na penúltima rodada. A equipe pagava quase R$ 50 mil do total do salário do defensor (R$ 250 mil).

O Peixe, a princípio, não tem interesse em reaproveitar Cleber e pensa em vendê-lo. O vínculo com o Alvinegro vale até 30 de janeiro de 2020.

Daniel Guedes (Goiás), Fabián Noguera (Ponferradina-ESP), Sabino e Rodrigão (Coritiba), Guilherme Nunes (Paraná), Romário (Vila Nova), Rafael Longuine (Ponte Preta), Jonathan Copete (Pachuca-MEX), João Igor (Sport), Diego Cardoso (Guarani) e Felippe Cardoso (Ceará) foram cedidos nesta temporada e retornam em 2020. Noguera e Copete possuem vínculo até o meio do ano.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • Paulo Watanabe

    na relação, tá faltando o Vladimir no Avaí, o Arthur que está no Chapecó, que com o Copete, são os melhores

  • Flavio Roberto Batelli

    realmente entao e discriminado aqui nao e mesmo…..depois reclamam do governo censurar a imprensa …..bando de hipocritas

  • Chico Guru

    Eu não entendo. Como que um perebinha desse pode ganhar 250 mil reais por mês? É por isso que o futebol brasileiro está tão atrasado com relação aos Europeus. qualquer m3rda hj em dia ganha altos salários

×
Quer receber notícias do Santos?