Em desvantagem, Santos recebe Coritiba pelo jogo de volta da 3ª fase da Copa do Brasil

São Paulo, SP

11-05-2022 20:00:47

Nesta quinta-feira, o Santos recebe o Coritiba pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil de 2022. A bola rola no gramado da Vila Belmiro a partir das 21h30 (de Brasília).

No embate de ida, quem se deu melhor foi o Coxa, que venceu por 1 a 0, no Couto Pereira. Dessa forma, o Peixe precisa vencer por mais de um gol de diferença para avançar às oitavas. Um empate é favorável aos paranaenses. Caso o Alvinegro vença por um tento de vantagem, o duelo vai para os pênaltis.

Para tentar reverter o placar, o Santos deve ter dois desfalques importantes. Ângelo está se recuperando de uma lesão muscular na parte posterior da coxa direita, sofrida no último dia 28. Maicon, por sua vez, é dúvida. O zagueiro ficou de fora da vitória de 4 a 1 sobre o Cuiabá no último domingo devido a um desconforto no músculo posterior da coxa esquerda.

Já o restante do elenco está inteiro à disposição. A tendência, portanto, é que o técnico Fabián Bustos escale o mesmo time que goleou o Dourado no final de semana.

Do outro lado, o Coritiba tenta se recuperar da derrota sofrida na última segunda-feira para o Avaí, fora de casa, por 2 a 1. Apesar disso, o clube vive uma temporada positiva. Em 25 jogos, foram 15 vitórias, seis empates e somente quatro derrotas.

A grande aposta do Coxa é o trio de ataque, formado por Léo Gamalho, Alef Manga e Igor Paixão. Ao todo, os três somam 30 gols juntos no ano. O artilheiro é o primeiro, que já colocou 13 bolas na rede.


FICHA TÉCNICA
SNTOS X CORITIBA

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 12 de maio de 2022, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (FIFA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA) e Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA)

SANTOS: João Paulo; Madson, Velázquez, Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo, Jhojan Julio e Ricardo Goulart; Léo Baptistão e Marcos Leonardo
Técnico: Fabián Bustos

CORITIBA: Alex Muralha; Matheus Alexandre, Henrique, Luciano Castán e Egídio (Guilherme Biro); Willian Farias, Andrey e Robinho; Igor Paixão, Alef Manga e Léo Gamalho
Técnico: Gustavo Morínigo

Deixe seu comentário