Daniel Guedes está de malas prontas para o Cruzeiro

São Paulo, SP

23-05-2020 09:27:11

Daniel Guedes deve deixar o Santos em breve. O jogador é desejado por Enderson Moreira, técnico do Cruzeiro, com quem tem mantido contato frequente, e as conversas para uma transferência já estão adiantadas.

"O professor Enderson me ligou, perguntando da minha situação e querendo saber o meu interesse de atuar pelo Cruzeiro. Foi uma conversa direta com ele. A partir daí, eu deixei tudo na mão do meu empresário, junto com os diretores do Santos e do Cruzeiro. Existiu uma ligação do professor que me deixou muito feliz. Estou acompanhando isso meio que de longe, vendo o meu representante conversar com o pessoal do Santos e do Cruzeiro. Aguardo o desfecho dessa situação", falou o lateral-direito em entrevista à Rádio Itatiaia.

O Peixe não deve dificultar as negociações. O defensor está suspenso preventivamente por doping desde setembro de 2019 e aguarda um julgamento pela Fifa para saber quando poderá voltar aos gramados. Daniel Guedes foi flagrado no uso da substância higenamina no dia 27 de maio, na derrota do Goiás, seu antigo clube, de 1 a 0 para o CSA, pelo Campeonato Brasileiro.

"Não acho que o Santos dificultaria minha saída. Eu acho que os clubes têm uma boa relação. Da minha parte seria uma alegria muito grande poder vestir essa camisa. A expectativa é que entendam que foram muito radicais na decisão e que exista uma liberação o mais breve possível, até porque já se passaram quase nove meses. Isso já é o suficiente para o grau de contaminação que existiu de substância da minha urina. Espero que isso se resolva logo e eu já seja liberado para poder voltar as atividades normais, porque realmente foi muito doloroso passar por essa situação injusta", revelou.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Por fim, o jogador não escondeu o carinho pelo Cruzeiro e minimizou a atual situação do clube.

"Quando se fala em Cruzeiro, se fala de um clube de muita tradição, de um dos clubes mais vencedores do Brasil. Se fala de uma camisa muito pesada, então isso é o que motiva o atleta. O Cruzeiro é o Cruzeiro em qualquer lugar, na Série B, na Série A, na Libertadores, no Mundial. Todos vão sempre respeitar. Fazer parte desta missão, para mim vai ser um aprendizado e algo muito importante na carreira. Se isso acontecer, ficarei muito feliz", finalizou.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?