Bustos fala sobre adaptação ao Santos e relação com imprensa: "Sou muito bem tratado"

São Paulo, SP

17-06-2022 21:00:59

O técnico Fabián Bustos destacou as dificuldades encontradas no futebol brasileiro desde que chegou ao Santos, no final de fevereiro. Além disso, o técnico argentino avaliou sua relação com a imprensa local, ressaltando que é "muito bem tratado".

"Quem não trabalha no Brasil não se dá conta de como é, nunca imaginei que seria essa intensidade e que o torneio teria essa dificuldade, não paramos de jogar nunca", disse Bustos sobre o calendário do país ao jornal Ecuagol.

"Neste momento jogamos três torneios (Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana). Para que se tenha uma ideia, não temos semanas livres, é muito intenso e complicado, as distâncias são longas. Não tenho muito tempo para trabalhar, que é o que eu gosto. Só dá para preparar as partidas, trabalhar o tático e esperar", complementou.

Já em relação à imprensa do Brasil, Bustos destacou como é bem tratado, mas também como as análises nos debates são muito pautadas no resultado.


"A verdade é que sou muito grato, sou tratado bem de todos os lados. Nem sempre compartilho opiniões, aqui a imprensa me trata com muito respeito", disse.

"Considero que aqui (Brasil) se analisa muito mais o resultado, os torcedores fazem muita pressão. Se fala muito do resultado, de como a torcida viveu a partida para o bem e para o mal. No Equador se analisa muito mais o funcionamento", completou.

Na mesma entrevista, Bustos também elogiou Emmanuel Martinez, meia-atacante especulado na equipe para a próxima janela de transferências. O treinador também destacou Jhojan Julio, titular absoluto desde que chegou ao Peixe.

O próximo jogo do Santos será neste sábado, contra o Bragantino. A partida será às 21 horas (de Brasília), na Vila Belmiro. Pelo Peixe, Bustos acumula 10 vitórias, oito empates e seis derrotas.

Deixe seu comentário