Após iniciar 2022 em baixa, ataque do Santos volta a funcionar com Bustos

São Paulo, SP

11-05-2022 06:00:40

Depois de começar a temporada com dificuldades para ser efetivo, o ataque do Santos parece enfim estar encontrando um bom caminho na temporada. Desde que Fabián Bustos assumiu o comando da equipe os números ofensivos melhoraram consideravelmente.

Com Fábio Carille no banco de reservas, o Peixe disputou sete partidas em 2022. Nestes embates, o time balançou as redes somente oito vezes, resultando uma média de 1,14 por embate.

Logo após a demissão do treinador, Marcelo Fernandes assumiu interinamente o cargo de técnico enquanto a diretoria buscava por um novo nome. Com o interino, os números já melhoraram. Foram cinco gols em dois jogos.

Já no início de março, Bustos enfim iniciou a sua trajetória no Santos. Desde então, são 14 compromissos e 22 tentos, gerando uma média de 1,5 por duelo.

E um fator que ajuda essa melhora no setor ofensivo é a força da Vila Belmiro. Com o argentino, o Peixe está com 100% de aproveitamento no local. São cinco vitórias em cinco jogos, além de 15 bolas na rede.

Além disso, o treinador vem apostando em um time mais ofensivo em relação ao seu antecessor. Nos últimos jogos, o Alvinegro Praiano entrou em campo com uma linha de quatro atacantes, sendo dois abertos na ponta e dois mais centralizados.

Foi justamente assim, por exemplo, que o Santos venceu o Cuiabá por 4 a 1 neste domingo, em casa, pela quinta rodada do Brasileirão. Essa foi a primeira vez que o clube marcou quatro gols depois de quase um ano. A última vez havia sido no dia 28 de julho de 2021, quando a equipe goelou a Juazeirense por 4 a 0, pela Copa do Brasil.

Agora, os torcedores alvinegros esperam que essa boa fase do sistema ofensivo se mantenha nesta quinta-feira, quando o Peixe recebe o Coritiba, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Os paulistas precisam vencer por mais de um gol de diferença para avançarem, já que na ida o Coxa venceu por 1 a 0.


Deixe seu comentário