Kroos diz que foi mal interpretado a respeito dos cortes salariais

São Paulo, SP

09-04-2020 10:35:36

Com o intuito de lidar com os impactos financeiros em meio à crise do novo coronavírus, diversos clubes têm discutido a possibilidade de reduzir os salários de jogadores e funcionários. Ideia essa, que, em um primeiro momento, foi rechaçada por Toni Kroos, do Real Madrid, em entrevista concedida ao site SWR Sport.

Após as polêmicas geradas em torno do seu discurso, o Real Madrid anunciou uma redução salarial voluntária do elenco – valores que variam entre 10% e 20% -, e o meio-campista alemão aproveitou a deixa para se explicar.

“É possível que não a entrevista não tenha sido traduzida corretamente ou que alguns não queiram entender. Desde o primeiro momento, minha opinião, vocês me conhecem bem, é esta: se podemos ajudar aos trabalhadores e áreas do clube, vejo como lógico renunciar a parte do nosso salário, algo que se pôde comprovar hoje”, escreveu no Twitter.

O Campeonato Espanhol está paralisado desde o dia 12 de março. Depois de 27 rodadas disputadas, o Real Madrid tem dois pontos a menos do que o líder Barcelona, que soma 58 tentos.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário