Neymar e o momento de voltar ao topo

AFP - São Paulo,SP

11-08-2020 12:49:58

Mais do que vingança contra o destino, é hora de recuperar o tempo perdido. Com o afastamento de Kylian Mbappé por conta de uma lesão, Neymar será a principal arma do Paris Saint-Germain contra o Atalanta, esta quarta-feira nas quartas de final da Liga dos Campeões (16h00 de Brasília), cuja conquista é o principal objetivo de sua chegada ida para o time francês.

Já se passaram três anos desde a "transferência do século", na sua saída do Barcelona para o PSG, e é como se a aventura parisiense de Neymar no principal torneio europeu tivesse acabado de começar.

Ausente na fase final destas duas últimas temporadas devido a lesões, o jogador mais caro da história (222 milhões de euros) finalmente enfrenta o momento da verdade na Liga dos Campeões em grande forma.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Esses três anos me enriqueceram muito”, escreveu ele em seu site em 4 de agosto. "Vivi momentos de alegria e momentos complicados, especialmente em que não pude jogar devido a lesões. Com a ajuda dos meus companheiros consegui superar tudo".

Um dos principais nomes na classificação do  PSG para as quartas de final pela primeira vez desde 2016, com o gol que manteve as esperanças na derrota no jogo de ida das oitavas contra o Borussia em Dortmund (por 2 a 1) e o primeiro na vitória em casa por 2 a 0) , o brasileiro recuperou sua melhor forma.

E os meses de confinamento que passou em sua luxuosa casa no Rio de Janeiro desde a paralisação das competições em março não interromperam esse ímpeto. Ou pelo menos isso parece indicar suas atuações nas finais no final de julho na Copa da Liga Francesa e na Copa da França, na qual marcou o gol da vitória sobre o Saint-Etienne (1 a 0).

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

"Meu melhor momento em Paris"

É o sinal de que, aos 28 anos, Neymar parece mais motivado do que nunca para mostrar que pode vir a ser o melhor jogador do Mundo de ver Luka Modric quebrar a hegemonia de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo em 2018 no prêmio Bala de Ouro.

"Sinto que ele pode ser o número um do mundo, que pode ganhar aquela Bola de Ouro sempre que quiser", disse o capitão do PSG Thiago Silva à AFP, embora tenhamos que esperar pois o prêmio não será concedido em 2020 por conta da COVID-19.

“Ao lado dele está também um grupo de jogadores que dão tudo para lhe oferecer esta possibilidade de estar no mais alto nível”, acrescentou o seu parceiro.

"Passamos para ele todas as bolas porque é ele quem vai marcar, quem vai criar o perigo. Tentamos fazer coisas por ele dentro de campo porque sabemos que é capaz de vencer o jogo a qualquer momento."

Além da recuperação da forma física, como explicar tal mudança em um jogador que não parava de expressar seu mal-estar na França e que não escondia a vontade de voltar ao Barcelona?

“Acho que agora estou vivendo meu melhor momento em Paris”, comemorou Neymar em seu site.

Renovação à vista?

Sempre o primeiro a mostrar os passeios com os companheiros de time nas redes sociais, geralmente por iniciativa sua, Neymar finalmente se sente integrado na capital, onde a chegada de colegas sul-americanos como Keylor Navas, Mauro Icardi ou Leandro Paredes reforçaram sua influência no vestiário.

E isso tem um impacto em seu nível de jogo. “Quando um jogador não está feliz, fica claro que ele não fará as coisas bem. Por outro lado, se o jogador estiver feliz, com certeza as coisas vão dar certo. Este ano vemos um Neymar assim”, resumiu Thiago Silva.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Ele está muito empenhado, totalmente integrado num grupo onde todos estão muito animados”, afirmou o diretor desportivo do PSG, Leonardo. "Acho que está tudo bem. Quando ela diz que está feliz, é óbvio."

Apesar de ter dito palavras muito duras há apenas um ano, Leonardo poderia iniciar negociações para a renovação do contrato da estrela, que termina em 2022, num contexto financeiro pouco inclinado a transferências de mais de 100 milhões de euros. Uma importante reviravolta de eventos que deve ganhar forma após a reta final da Liga dos Campeões.

“Formamos uma família diante do maior objetivo que temos pela frente”, insistiu Neymar em seu site. "Queremos vencer a Liga do Campeões esta temporada. Vamos lutar por isso, porque nunca estivemos tão perto."


Deixe seu comentário