Verdão tenta cumprir meta inédita de Cuca e terminar o 1º turno como líder

São Paulo, SP

06/08/16 | 08:21

Torcida do Palmeiras, durante partida contra o Santos, válida pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2016 Série A, na capital paulista. 12/07/2016, Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press
Melhor colocação do Palmeiras em um primeiro turno foi a vice-liderança de 2009 (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

No dia 26 de julho, o lateral Zé Roberto concedeu entrevista coletiva no centro de treinamento do Palmeiras e disse que estava ansioso para terminar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro em primeiro lugar. Nas palavras do jogador, a fase seguinte da competição seria uma "contagem regressiva" para o time chegar ao título. O tempo passou e a equipe se distanciou da meta. Mas o desejo de cumprir o inédito objetivo ainda move os alviverdes.

Terminar o primeiro turno na liderança foi uma marca estipulada pelo técnico Cuca quando o Palmeiras estava na liderança isolada da competição. O Verdão, contudo, caiu de rendimento nas últimas três rodadas e perdeu para Atlético-MG e Botafogo, além de ter empatado por 1 a 1 com a Chapecoense, na última quinta-feira.

Com 33 pontos, o Palmeiras permitiu que os rivais se aproximassem na tabela de classificação. Com pontuação idêntica, o Santos se tornou o líder por ter saldo de gols superior ao da equipe alviverde. Já o Corinthians, com os mesmos 33 pontos, ocupa a terceira colocação. Se quiser conquistar o troféu simbólico, o Verdão terá de derrotar o Vitória, no domingo, no Palestra Itália, e torcer para o Santos sucumbir diante do lanterna América-MG.

Ineditismo - O Palmeiras nunca terminou o primeiro turno do Brasileiro na liderança. A melhor colocação que o Verdão conseguiu foi a vice-liderança em 2009. Com 37 pontos, o time alcançou a mesma pontuação do Internacional, mas ficou atrás na tabela por ter uma vitória a menos. O time também terminou no G4 em outras duas ocasiões, em quarto e terceiro, nos campeonatos de 2004 e 2008.

O sistema de pontos corridos foi implementado pela CBF no Brasileirão em 2003. De lá para cá, só três campeões do primeiro turno não ficaram com o título do torneio. Em 2008, o Grêmio conquistou o título simbólico, mas o São Paulo terminou a competição em primeiro. No ano seguinte, o Inter também não conseguiu se manter no topo e viu o Flamengo ser campeão. Já em 2012, o Atlético-MG virou o turno como líder, mas o Fluminense ficou com o título nacional.

Deixe seu comentário