Torcida organizada do Palmeiras faz protesto em frente à Academia de Futebol

São Paulo, SP

17-10-2020 10:15:05

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A Mancha Alviverde, maior torcida organizada do Palmeiras, realizou neste sábado um protesto em frente à Academia de Futebol, na Av. Marquês de São Vicente, em São Paulo.

"Time sem vergonha" e "Libertadores não é mais que obrigação" foram alguns dos gritos entoados pelo grupo, que estava cercado por grades e sob a supervisão da Polícia Militar.

"Quem não tem passado, não tem história", lê-se em uma das bandeiras levadas pela torcida ao protesto (Foto: Alexandre Silvestre)

Foram pedidas também as saídas de Anderson Barros e Cícero Souza, diretor e gerente de futebol, respectivamente, além de ataques ao presidente Maurício Galiotte, que foi chamado de "banana".

Muitos jogadores do elenco também foram cobrados. Os nomes mais citados foram de Rony, Zé Rafael, Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Felipe Melo, chamado de "cara de pau" pela torcida.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Maurício Galiotte, presidente do clube, não ficou de fora das cobranças da Mancha Alviverde (Foto: Alexandre Silvestre)

A manifestação acontece às vésperas da partida do Verdão contra o Fortaleza, fora de casa pelo Campeonato Brasileiro, que será a primeira após a saída do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?