Scarpa analisa derrota do Palmeiras no Choque-Rei e convoca torcida para jogo de volta

São Paulo, SP

23-06-2022 22:31:24

No reencontro entre São Paulo e Palmeiras na noite desta quinta-feira, o Verdão acabou derrotado por 1 a 0 no Morumbi. Depois da partida, Gustavo Scarpa analisou a atuação da equipe e apontou semelhanças com o jogo da última segunda-feira. Desta vez, no duelo válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, a virada não veio.

“Acho que o jogo foi bem parecido com o de segunda-feira. Eles começaram melhor, mais intensos. No segundo tempo tivemos mais personalidade, que é o que a gente sempre precisa. Colocamos a bola mais no chão e arriscamos mais. Mas diferente de segunda-feira, a gente não foi efetivo nas finalizações. Mas é paciência. Temos mais um jogo, é um resultado reversível. Temos que dar o nosso melhor, mas não tem nada perdido”, disse o meia na saída de campo à transmissão da Prime Video.


Ao contrário da vitória pelo Brasileirão, o Palmeiras teve uma atuação apagada. A equipe terminou a partida sem nenhuma finalização certa. Scarpa, porém, preferiu destacar os méritos do rival.

“A gente acordou depois que tomou o gol, mas a equipe adversária tem méritos, o time dos caras é bom para caramba. Precisamos ter paciência e vamos tentar virar o jogo em casa”

O duelo de volta acontece apenas no dia 14 de julho, daqui a três semanas. Para reverter o resultado, o meia mostrou que conta com o apoio da torcida. Segundo ele, os mais de 38 mil torcedores presentes no Morumbi fizeram a diferença a favor do São Paulo, e os palmeirenses podem ter a mesma influência no Allianz Parque.

“Da mesma forma que a torcida no estádio influencia positivamente a equipe do São Paulo, sem dúvida a nossa torcida influencia muito no nosso jogo no Allianz, e a gente espera que isso possa prevalecer no jogo de volta”, declarou.

O Palmeiras já volta o foco para o Campeonato Brasileiro. Neste domingo, às 16h (de Brasília), o Verdão volta a campo e visita o Avaí. A equipe deve contar com o retorno de Abel Ferreira, que testou negativo para covid-19 na última quarta-feira.

Deixe seu comentário