Gazeta Esportiva

Repassado ao Fortaleza, Felipe Pires foi bancado por Felipão no Palmeiras: "Verão se indiquei bem"

São Paulo, SP

25/07/19 | 10:00

É inegável que Felipe Pires não deu certo no Palmeiras. Contratado no início da temporada, o atacante já chegou ao clube sob a desconfiança da torcida, mas bancado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

"Daqui a pouco vocês (jornalistas) vão ver jogando e vão poder falar se a indicação foi boa ou não", afirmou o treinador, ainda durante a pré-temporada deste ano ao ser questionado sobre a contratação do atleta.

Inicialmente cedido pelo Hoffenheim, da Alemanha, ao Palmeiras até o final desta temporada, o atacante foi repassado pelo Verdão ao clube do técnico Rogério Ceni, que pediu a contratação do atleta.

Junto com Carlos Eduardo, Felipe Pires chegou ao Palmeiras no início da temporada com o objetivo de suprir a saída de Keno como opção de velocidade no ataque alviverde. O jogador, porém, não caiu nas graças da torcida, marcou apenas um gol em 16 jogos e tem perdido cada vez mais espaço com o técnico Luiz Felipe Scolari.

Para sua função, além de Carlos Eduardo, Felipão ganhou recentemente o colombiano Ivan Angulo, adquirido defensivamente pelo clube após um período de empréstimo defendendo o time Sub-20 do Palestra.

Revelado pelo Red Bull Brasil, Felipe Pires saiu do Brasil cedo, aos 19 anos, quando foi ao Liefering, da Áustria, e na sequência ao Red Bull Salzburg, também da Áustria. Depois foi contratado pelo Hoffenheim, da Alemanha, e acabou emprestado novamente, desta vez ao Austria Viena. Em 2015, pelo RB austríaco, foi campeão nacional e da copa local, marcando inclusive, um gol decisivo na final.

Deixe seu comentário