Reencontro pela Libertadores tem Atlético-MG e Palmeiras em momentos distintos

São Paulo, SP

03/08/22 | 06:00 - 02/08/22 | 21:36

Na noite desta quarta-feira, Atlético-MG e Palmeiras se reencontram pela Copa Libertadores, desta vez pelas quartas de final. Uma temporada depois do confronto válido pela semifinal do ano passado, as equipes chegam em momentos distintos para o duelo da atual edição.

Em 2021, as duas equipes fizeram uma eliminatória equilibrada, na qual o Verdão levou a melhor e garantiu sua vaga na grande final. No jogo de ida, disputado no Allianz Parque, o empate em 0 a 0 prevaleceu. Na volta, no Mineirão, um novo empate, desta vez em 1 a 1, que deu a classificação para a equipe de Abel Ferreira pelo gol marcado fora de casa.


O Galo chegou para o confronto em alta, carregando uma invencibilidade de 10 partidas (oito vitórias e dois empates) até o jogo de ida. No mesmo período anterior ao duelo, o Palmeiras vivia momento de oscilação, com quatro vitórias, dois empates e quatro derrotas.

Mesmo assim, o Palmeiras se sobressaiu e ficou com a classificação. Na decisão, ainda superou o Flamengo para a conquista do seu terceiro título de Copa Libertadores, e o segundo consecutivo.

Já no reencontro da atual temporada, a situação das equipes na véspera do confronto é inversa. Quem vem de sequência irregular é o Atlético-MG, que passou pela demissão de Turco Mohamed no último mês e o retorno de Cuca, que estreou com derrota por 3 a 0 para o Internacional no último final de semana. Além disso, a equipe vem de três jogos sem vitória.


Enquanto isso, o Palmeiras vem em alta desde a eliminação para o São Paulo na Copa do Brasil. A equipe já soma cinco vitórias consecutivas e perdeu apenas uma das últimas dez partidas. Além disso, na atual edição da Libertadores, o Verdão é dono da melhor campanha, com 100% de aproveitamento até aqui.

O momento distinto das duas equipes é refletido também na campanha de ambos no Campeonato Brasileiro, com diferença de 10 pontos entre eles. Atual campeão da competição nacional, o Atlético-MG não conseguiu embalar como no ano passado, e é apenas o 7º colocado, com 32 pontos. Enquanto isso, o Palmeiras segue firme na liderança com 42 pontos, em busca do único título que ainda falta na “Era Abel Ferreira”.

Além do momento das duas equipes, outra mudança em relação ao ano passado está na regra da Libertadores a partir da atual temporada. Sem o gol fora de casa como critério de desempate, uma nova igualdade no placar agregado leva o confronto para os pênaltis.

Para chegar às quartas de final, o Atlético-MG eliminou o Emelec nas oitavas de final com empate em 1 a 1 no jogo de ida e vitória por 1 a 0 na volta. Já o Palmeiras não teve dificuldades para eliminar o Cerro Porteño com vitórias por 3 a 0 e 5 a 0.

Deixe seu comentário