Pandemia impede evento idealizado por Oberdan no Palmeiras pela primeira vez desde 1972

Bruno Ceccon - São Paulo,SP

18-09-2020 07:00:00

Diante da pandemia de covid-19, o Palmeiras decidiu em 2020 pela primeira vez não promover o tradicional Jantar dos Veteranos. Idealizado pelo ex-goleiro Oberdan Cattani, o evento para homenagear os ex-jogadores do clube alviverde teve 48 edições ininterruptas.

O Jantar dos Veteranos foi criado em 1972, 30 anos após a Arrancada Heroica. Em alusão ao primeiro jogo do clube como Palmeiras, Oberdan Cattani e seus companheiros escolheram promover o encontro anual no mês de setembro, tradição mantida até 2019.

A edição do ano passado do Jantar dos Veteranos, realizada nas dependências da sede social, reuniu nomes como Ademir da Guia, Dudu, Edu Bala, Alfredo Mostarda e Nei, ídolos da Academia de Futebol, além de Sérgio, Tonhão e Galeano, campeões durante os anos 1990.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O célebre uruguaio Hector Silva costumava viajar do exterior para participar do Jantar dos Veteranos. O evento idealizado por Oberdan Cattani, porém, é frequentado também por atletas com passagem mais discreta pelo Palmeiras e todos são igualmente homenageados.

Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, costuma participar do Jantar e liderar a homenagem aos ex-jogadores, chamados ao palco e presenteados com camisas oficiais do clube. Rotina que não será seguida em 2020, até porque a maioria dos veteranos tem mais de 60 anos, idade com maior risco para covid-19.

Sob o comando do veterano Vanderlei Luxemburgo, o elenco atual se prepara para enfrentar o Grêmio, possivelmente com a volta do zagueiro Felipe Melo. O duelo está marcado para as 16 horas (de Brasília) deste domingo, em Porto Alegre, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?