Palmeiras busca primeira vitória no Mineirão pela Libertadores

São Paulo, SP

02/08/22 | 06:00 - 01/08/22 | 22:08

Dono da melhor campanha da atual edição da Libertadores, com 100% de aproveitamento, o Palmeiras vai precisar de um triunfo inédito para manter a marca nesta quarta-feira, quando encara o Atlético-MG pela ida das quartas de final. O duelo acontece no Mineirão, estádio em que o Verdão nunca venceu pela competição continental.

O Palmeiras realizou três partidas de Libertadores no palco do jogo desta quarta-feira. O retrospecto é de dois empates e uma derrota. O único revés aconteceu logo no primeiro jogo, em 1994, quando a equipe acabou derrotada pelo Cruzeiro. A partida era válida ainda pela fase de grupos, e os mineiros venceram por 2 a 1 com gols de Nonato e Luís Fernando. O desconto do Verdão saiu dos pés de Rincón.

Nos dois confrontos posteriores, o clube alviverde ficou no empate, mas o resultado final foi positivo. Em ambos, o Palmeiras saiu classificado para a fase seguinte. Em 2001, o adversário foi novamente o Cruzeiro, dessa vez pelas quartas de final. Depois de um 3 a 3 no jogo de ida, no Palestra Itália, as equipes ficaram no 2 a 2 no Mineirão. O duelo foi para os pênaltis, e o Verdão levou a melhor vencendo por 4 a 3.

Na fase seguinte, o Palmeiras caiu para o Boca Juniors, também nos pênaltis. Os argentinos acabaram como campeões daquela edição.


A última partida do Palmeiras no Mineirão pela Libertadores aconteceu em 2021, justamente contra o Atlético-MG, pela semifinal. Na ocasião, o empate em 0 a 0 prevaleceu no Allianz Parque, pelo jogo de ida. Na segunda partida, na casa dos mineiros, as equipes empataram em 1 a 1. Como o gol fora de casa ainda era critério de desempate até o ano passado, o tento anotado por Dudu garantiu a classificação do Verdão para a grande final.

O Palmeiras vai agora para a sua quarta partida na história no Mineirão pela Libertadores. Além de manter o 100% de aproveitamento, a equipe tenta se livrar de um duplo empate, como aconteceu em 2001 e em 2021, já que o retrospecto recente em disputa de pênaltis não tem sido positivo.

O duelo contra o Atlético-MG, no Mineirão, acontece nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília). Para a partida, o técnico Abel Ferreira espera apenas o retorno de Rony para poder contar com força máxima. Artilheiro histórico do clube na Libertadores e também da atual edição, o camisa 10 se recupera de lesão na coxa esquerda.

Em status de transição física, ele treinou com o elenco em parte da atividade na última segunda-feira e deve ser avaliado antes novamente antes da viagem para Belo Horizonte.

Deixe seu comentário