Em fim de mandato, Galiotte fala sobre momentos dentro do Palmeiras

São Paulo, SP

25-11-2021 14:00:34

Maurício Galiotte passou por muitos momentos à frente do Palmeiras. Como presidente, viveu reestruturações dentro do time, títulos conquistados, momentos de crise, como a pandemia, e emoções que sinalizaram sua trajetória.

Sucedido por Leila Pereira, Galiotte foi eleito como presidente do clube em 2017 e, desde então, acumulou quatro títulos: Campeonato Brasileiro em 2018, Paulistão, Libertadores e Copa do Brasil na temporada passada.

Em entrevista exclusiva para a TV Palmeiras, ele falou sobre conquistas, vitórias marcantes, momento não tão felizes e a primeira vez que pisou no clube como presidente.

“Quando eu iniciei em 2013, tinha uma ideia que poderia ajudar muito, porque eu sempre acompanhei futebol. E agora que estou terminando a gestão, vejo que a gente sabe muito pouco. De fora achamos que conhecemos e sabemos de tudo, e agora encerrando a gestão eu garanto ao torcedor: as pessoas têm sempre o que aprender”, disse.

Primeira vez no clube como presidente
“Vim para o clube social e tinha uma série de documentos para assinar. Como eu era o primeiro vice-presidente de quatro anos consecutivos, todos os assuntos eu tinha conhecimento. Eu atuava diretamente no dia a dia do clube. Foi muito natural. Vínhamos de um período de reestruturação e eu assumi praticamente em 2017.”

Investimento e títulos
“Por mais que você invista, não é garantia de volta olímpica, de título. Óbvio que quem mais investe e quem se prepara, têm mais probabilidade de ganhar. O fato é: em algum momento, a equipe estruturada vai ganhar. O estatuto do Palmeiras sempre tem que ser modernizado, o mundo é muito dinâmico.”

Momento esportivo ímpar
“Nós tivemos dois jogos extremamente difíceis contra o Penãrol em 2017. Aqui em São Paulo foi 3 a 2 e nós ganhamos o jogo no último lance da partida, com gol do Fabiano. E fomos para o jogo de volta da Libertadores lá no Uruguai. Começamos perdendo o primeiro tempo por 2 a 0 e acabamos virando o jogo. No final da partida tivemos aquela briga lamentável, que realmente nos preocupou muito. Ficamos com receio de que algo pior poderia acontecer. Mas foi uma vitória maravilhosa do Palmeiras.”

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Vitória marcante
“Palmeiras e Boca Juniors na Bombonera lotada. A gente conseguiu vencer a partida por 2 a 0. Foi a primeira vez na história do Palmeiras que ganhamos do Boca na Argentina. Foi um jogo muito difícil e foi um jogo que marcou muito para mim. Foi realmente marcante.”

Deixe seu comentário