Mayke fala sobre volta por cima no Palmeiras: "Acredito muito em mim"

São Paulo, SP

27-11-2021 20:51:35

Neste sábado, o Palmeiras conquistou o tri da Libertadores ao vencer o Flamengo por 2 a 1, no Estádio Centenário, em Montevidéu-URU. Mayke, que substituiu o suspenso Marcos Rocha, foi decisivo na final, dando assistência para Raphael Veiga abrir o placar.

O lateral-direito ficou de fora dos gramados por algumas semanas após ser submetido a uma cirurgia no joelho direito. Após o apito final, falou sobre o momento difícil vivido na temporada.

"Vim de uma lesão complicada. Estava com muita dor no joelho, já perto da final. Acreditei no departamento médico e todos me ajudaram muito. Graças a eles eu joguei, pude dar meu melhor. Fiquei muito nervoso, quase não dormi. Mas nosso grupo é sensacional. Marcos Rocha é um dos líderes, ficou no banco e eu sempre vou ajudá-lo também. Trabalhei muito. Fico até emocionado. Minha família está sempre comigo. Meu filho de cinco anos em casa é muito emotivo. O de dois anos não entende muito. A gente se cobra muito e dá o máximo por eles. Nós merecemos. Uma já é difícil, imagina duas. Vamos descansar para no ano que vem todos estarem dispostos e ajudar mais vezes", disse Mayke à ESPN.

"Eu voltei de lesão, então não tinha como o Abel me colocar rápido nos jogos. Por isso foi poupado. Temos o Gabriel Menino também, excelente jogador. Meninos de 20 anos subiram e já são bicampeões da Libertadores. Abel me deu essa oportunidade, poderia ser o Menino também, e eu pude aproveitar. Fui poupado, entrei nos jogos que ele já tinha pensado e deu tudo certo", completou.


Mayke destacou a importância de ter segurança em relação a seu potencial técnico.

"Eu acredito muito em mim, assim como família, diretoria, elenco, professor. E é isso que importa. Sempre vou dar meu máximo para dar alegria a todos eles. Eu sei que o Palmeiras é grande e que existe muita pressão externa, mas não deixamos entrar no CT", finalizou.

Agora, o Palmeiras faz parte da seleta lista de clubes brasileiros que conquistaram três vezes a Libertadores, ao lado de Grêmio, Santos e São Paulo. Além da taça na atual temporada, o Verdão foi campeão nas edições de 1999 e 2020.

Deixe seu comentário