Dudu exime treinador e presidente de culpa: "É mais dos jogadores"

São Paulo, SP

01-12-2019 19:03:14

Eliminado nas semifinais do Paulista, nas quartas da Copa do Brasil e da Libertadores e terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras vai terminar 2019 sem levantar uma taça e a gota d’água aconteceu neste domingo, quando a equipe foi dominada pelo Flamengo no Allianz Parque, perdeu por 3 a 1 e ouviu novos protestos da torcida, que chegou a atirar cadeiras no gramado.

Após a partida, Dudu, um dos líderes do elenco, admitiu o ano abaixo do Palmeiras, mas eximiu o presidente Maurício Galiotte e o treinador Mano Menezes de culpa. Para o camisa 7, os principais responsáveis são os próprios jogadores.

“O sentimento é de que faltou alguma coisa. A gente começou o ano bem, o Brasileiro bem, mas tivemos uma queda muito grande. Não é culpa de diretoria, de treinador. É mais de nós, jogadores. Temos que assumir mais essa responsabilidade, não deixar cair só na conta do treinador, do presidente, da comissão técnica”, disse ao SporTV.


“Ainda faltam dois jogos, precisamos terminar o campeonato da melhor maneira possível, mas temos que ver o que erramos para não errar de novo ano que vem”, completou.

Com a derrota, o Palmeiras chegou ao quinto jogo sem vitória e segue na terceira posição, com 68 pontos. O embate ainda marcou a despedida do clube de sua casa no ano, uma vez que o próximo compromisso, contra o Goiás, será realizado no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, às 19h15 (de Brasília) desta quinta-feira.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?