Futebol

Clássico, mas com número de zagueiro raiz: Gustavo Gómez no Palmeiras

Bruno Calió - São Paulo , SP
21/05/2019 08:00:16 — 21/05/2019 08:29:58

Em: Copa do Brasil, Escolha do editor, Futebol, Palmeiras

Ninguém discute que Gustavo Gómez é um dos melhores zagueiros do país na atualidade. Alguns números do paraguaio, porém, fogem do padrão normalmente atribuído a um defensor de qualidade diferenciada.

As rebatidas, por exemplo, são normalmente referidas a defensores de pouco recurso técnico. Gómez, entretanto, está entre os três zagueiros que mais abusam do recurso na Copa Libertadores da América.

Em média, o palestrino rebate 8,7 bolas por partida na competição continental. Apenas Rodrigo Moledo, do Internacional, e Jordan Jaime, do Emelec, abusam mais do recurso. No Campeonato Brasileiro, o paraguaio também se destaca no quesito.

Em média no torneio nacional, o camisa 15 é o sexto que mais rebate, com 7,5 vezes por jogo. Apenas Pedro Henrique e Manoel (Corinthians), Valdo (Ceará), Dedé (Cruzeiro) e Gustavo Henrique (Santos) estão à sua frente.

Jogando ao lado de Luan, Gómez não sofre gols pelo Palmeiras há 985 minutos – considerando acréscimos. O último gol sofrido pela dupla aconteceu no dia 2 de fevereiro, contra o Corinthians, no Allianz Parque.

O recorde de uma dupla de zaga na história palestrina sem ser vazado pertence a Marcio e Vágner Bacharel que, em 1987, ficaram por 1080 minutos – descontando acréscimos – sem deixar o time sofrer um gol.

O Verdão volta a campo nesta quarta-feira, quando estreia na Copa do Brasil contra o Sampaio Correa, em São Luís (MA), às 19h15 (de Brasília), pelo jogo de ida das oitavas de final do torneio mata-mata. Gómez e Luan devem ser reservas neste duelo.

No Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso será no sábado, dia 25, contra o Botafogo, em Brasília, no estádio Mané Garrincha. Aí sim o paraguaio e seu companheiro devem voltar ao time titular.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




×
Quer receber notícias do Palmeiras?