Capitão do sub-17 do Palmeiras, Vareta projeta início do Brasileiro da categoria

São Paulo, SP

01/08/22 | 18:09 - 01/08/22 | 18:11

Nesta quarta-feira, o elenco sub-17 do Palmeiras inicia a trajetória pela busca de mais um título, com o início do Campeonato Brasileiro da categoria. Capitão e um dos líderes da equipe, o zagueiro Gabriel Vareta fez uma projeção sobre a competição e destacou os clássicos logo nas rodadas iniciais.

“O grupo está treinando muito forte, a parte tática tem encaixado bem nos últimos jogos e estamos confiantes para o começo do Brasileiro. O campeonato já vai começar quente com clássicos contra Corinthians e Santos, mas sinto que estamos preparados para fazer um campeonato imponente e, quem sabe, com resultados positivos, podemos ganhar casca para brigarmos pelo título”, disse o jogador.

O Campeonato Brasileiro Sub-17 conta com 20 times divididos em dois grupos. Os quatro melhores colocados de cada chave avançam para a disputa das quartas de final.

O Palmeiras está no Grupo A da competição e faz a sua estreia contra o Athletico-PR, no CT do Caju, às 15h30 (de Brasília) desta quarta-feira. Logo na rodada seguinte, as Crias da Academia encaram o Corinthians e, na sequência, fazem clássico contra o Santos.

A competição já começa com jogos complicados, mas o Palmeiras figura mais uma vez entre os favoritos para brigar pelo título da competição. A equipe chega embalada pelas conquistas recentes, como o título da Copa do Brasil da categoria, em junho. Além disso, Gabriel Vareta e outros jovens estiveram com a delegação sub-19 que conquistou a CEE Cup, em Praga, na República Tcheca, e ficou com o vice da Turnier Oberndorf, na Alemanha.

“Creio que o nosso time está fazendo uma ótima temporada até aqui, então temos que continuar nessa pegada. Já vencemos a Copa do Brasil e a CEE Cup na Europa, mas a gente quer mais. Estamos bem no Campeonato Paulista e vamos tentar também entrar na briga pelo Brasileirão”, afirmou Vareta.

Capitão do elenco sub-17, Gabriel Vareta chegou ao Palmeiras ainda em 2014 e e assinou seu primeiro contrato profissional com o clube no fim do ano passado, com validade até 2024. Um dos destaques da equipe, o zagueiro é tratado como grande promessa nas categorias de base do clube e tem multa rescisória de 80 milhões de euros (423,2 milhões de reais na atual cotação).

Deixe seu comentário