Bruno Henrique prega união para Palmeiras reverter má fase na Argentina

21/07/2019 09:00:20

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Libertadores, Palmeiras

Capitão do Palmeiras, o volante Bruno Henrique pediu para o grupo se unir no momento de maior dificuldade na temporada. No último sábado, o time alviverde foi derrotado por 2 a 0 para o Ceará, na Arena Castelão, e perdeu uma invencibilidade de 33 jogos no Campeonato Brasileiro. Antes, na quarta-feira, a equipe foi eliminada pelo Internacional na Copa do Brasil.

“Quando você passa um momento ruim no Palmeiras, onde tem uma pressão muito grande para se ganhar, é sempre muito difícil perder. Saímos da Copa do Brasil e hoje [sábado] perdemos o jogo. Mas a gente sabe da força do nosso elenco, nesse momento de dificuldade temos que se unir, absorver as críticas e as cobranças que são pesadas”, analisou.

Bruno Henrique confia em recuperação do Palmeiras na terça-feira (Foto: Cesar Greco/SEP)

A preocupação é grande entre elenco, comissão técnica, diretoria e torcida porque a má fase chega justamente nas vésperas do jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Godoy Cruz, marcado para esta terça-feira, na Argentina.

“Temos um grupo muito experiente e só depende de nós para sair dessa situação. Terça-feira temos um jogo importante, é reunir forças, esquecer o que passou e tentar melhorar, porque tem muita coisa pela frente. E só se juntando para sair dessa situação”, ressaltou.

Na Arena Castelão, Bruno Henrique também comentou o protesto da torcida na última sexta-feira, dois dias após a queda na Copa do Brasil. Ao chegar no hotel onde a delegação palmeirense ficou concentrada em Fortaleza, manifestantes atiraram pipocas nos jogadores.

“É natural, somos jogadores profissionais e estamos fazendo nosso trabalho. Fazemos o nosso melhor possível, mas, às vezes, as coisas não acontecem e infelizmente ocorrem essas coisas paralelas. Mas nós, jogadores, comissão técnica e torcida estamos fechados e vamos buscar grandes coisas neste ano ainda”, garantiu.

Apesar do fim da invencibilidade de 33 jogos no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras deve terminar a rodada na liderança. Para tomar a ponta do Verdão, o Santos precisa vencer o Botafogo neste domingo, no Engenhão, e tirar uma diferença de oito gols no saldo.

Antes de pensar no Vasco, próximo adversário no Brasileirão, o foco está no duelo da Argentina. “Agora é viajar, descansar e se preparar para o jogo de terça, que é um jogo grande, e a gente tem tudo para reverter a situação”, concluiu Bruno Henrique.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?