Abel destaca "sete minutos incríveis" do Palmeiras e dedica vitória à torcida: "Foi espetacular"

São Paulo, SP

16-06-2022 21:26:50

O Palmeiras venceu o Atlético-GO por 4 a 2, nesta quinta-feira, em casa, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Verdão saiu atrás no placar, mas buscou a virada. A equipe, aliás, precisou de apenas sete minutos para marcar quatro gols e encaminhar o triunfo.

Em entrevista coletiva, o técnico Abel Ferreira exaltou o poder de reação do Alviverde e fez questão de agradecer a torcida pelo apoio. Segundo o comandante, a força dos mais de 38 mil palmeirenses foi crucial para que o time tivesse forças para reagir.

“O momento do jogo foi quando sofremos o gol. Até então estávamos deixando o jogo rolar, dando muito espaço para o Atlético-GO, que é um time que joga bem, mas se abre toda. Eu gosto de ver uma equipe que saiba atacar e se defender. No primeiro tempo, até sofremos o gol, demos muito espaço. Depois, quando começaram a gritar que o Palmeiras é o time da virada e do amor ajudou. Quero agradecer e dedicar essa vitória, de forma especial, aos torcedores", disse.

"Acho que é a primeira vez que faço isso. Eles tiveram um papel importantíssimo nessa virada. Depois, a qualidade dos nossos jogadores, a crença, a força e a vontade, souberam lidar com os momentos do jogo. Eu não sei o limite desses jogadores. O que eu sei e sinto é um amor muito grande por jogar futebol. Foi bonita a atmosfera, o ambiente e o momento. Foi espetacular. Eu próprio, que costumo ser controlado no banco, festejei como se fosse um dos torcedores. Foram sete minutos incríveis. Sete minutos de Palmeiras”, ampliou.

Com a vitória, o Palmeiras abriu vantagem na liderança do Brasileirão. Agora, o Palestra soma 25 pontos, três a mais que o vice-líder Corinthians, que empatou com o Athletico-PR.


Na visão do Abel Ferreira, o Verdão está no caminho certo, mas é preciso manter a cabeça no lugar e saber filtrar os elogios. Já são 17 jogos seguidos sem perder na temporada.

“Nós somos os mesmos quando nos elogiam e criticam. Há perigo nos dois lados. São muito perigosos. Se acredita nas críticas, começa a duvidar de si mesmo. Saiba quem é você, de onde você vem, com o que trabalha e no que acredita. Isso é você. Ser você mesmo e dar o seu melhor. Com os elogios é igual. Não ganhamos absolutamente nada. Estamos no caminho certo, mas tem que ser trilhado jogo a jogo. Isso requer muito foco, concentração e disciplina. Se fizermos, estaremos próximos de ganhar. Só há um caminho: trabalho, disciplina e espírito de equipe”, finalizou.

O Palmeiras volta a campo agora na segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), quando encara o São Paulo no Morumbi, pela 13ª rodada do Nacional.

Deixe seu comentário