Vice de futebol do Inter se diz envergonhado com derrota, mas respalda Ramírez

São Paulo, SP

06-06-2021 20:03:50

O Internacional foi goleado pelo Fortaleza, por 5 a 1, neste domingo, em partida válida pela 2ª rodada do Brasileirão. Apesar de se dizer envergonhado com a derrota, o vice-presidente de futebol do Colorado, João Patrício Herrmann, garante a permanência do técnico Miguel Ángel Ramírez no clube e cita alterações no trabalho.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“Estamos extremamente envergonhados pelo o que aconteceu hoje (domingo). Foi seguramente a maior vergonha que passei como dirigente”, afirmou.

O vice de futebol, no entanto, afirma que o treinador espanhol continuará no comando da equipe: “O Miguel [Ángel Ramírez] tem nosso respaldo, tem trabalhado diuturnamente para implementar o modelo de jogo proposto, junto com os atletas, buscando soluções técnicas e táticas para o time. Hoje foi um baque muito grande, mas o trabalho vai continuar.”

Herrmann destacou, também, que haverá mudanças, mas elas serão internas: “Não é pelo dia de hoje que a gente vai fazer alterações nesse trabalho – as alterações acontecerão de forma muito enérgica internamente.”


Ramírez desconversou sobre uma possível falta de entendimento, por parte dos atletas, em relação ao modelo de jogo proposto: “Não creio que os jogadores não estejam entendendo o estilo de jogo. Em todas as outras partidas, inclusive as que não ganhamos, a equipe soube jogar.”

Contudo, o técnico afirmou que a derrota para o Fortaleza foi o seu pior dia no comando do Inter: “Não fomos capazes de executar em campo o que treinamos”, resumiu.

Apesar da goleada sofrida, Ramírez se vê empolgado com o projeto do Inter: “Sigo trabalhando cada dia com a mesma vontade do primeiro dia.”

O Internacional volta a campo na quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), quando recebe o Vitória pela terceira fase da Copa do Brasil. Na partida de ida, em Salvador, o Colorado venceu por 1 a 0.

Deixe seu comentário