Empresário revela tristeza de Hermes e acha difícil volta ao Grêmio

Do correspondente Luis Felipe dos Santos - Porto Alegre,RS

14-07-2016 21:05:34

O empresário do lateral esquerdo Marcelo Hermes afirmou que o acerto com o Grêmio para renovar o contrato do jogador ficou muito difícil. Em entrevista à Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira, João Ribeiro afirmou que nas últimas reuniões o Tricolor Gaúcho foi irredutível na sua proposta, sem querer negociar.

“Depois da reunião de ontem, que foi uma reunião curta, eu acho muito difícil que ele volte a treinar no grupo principal do Grêmio. Para minha surpresa, o Grêmio não apresentou nenhum incremento salarial, nem de tempo de contrato, nada. Ontem ele foi comunicado de que não poderia treinar no profissional, e sim no grupo de transição hoje à tarde. Está muito triste? Com certeza. Marcelo é um menino do interior, toda a família gremista de coração, ele não gostaria que tivesse esse fim. Desde a decisão do Grêmio, estamos fazendo alguns contatos para tentar alocar ele a partir de janeiro de 2017. Ele vai cumprir o contrato dele até o final lá onde a direção pediu para que ele cumpra, no grupo de transição”, declarou Ribeiro.

O empresário revelou que Marcelo Oliveira, Maicon e Pedro Geromel solicitaram uma reunião com a direção para tentar reintegrar o jogador – Edílson também afirmou ter participado desta reunião – mas que, assim mesmo, o Grêmio não quis mudar os termos da negociação.

João Ribeiro também afirmou que recebeu uma proposta de um clube “de menor expressão” da Europa, que não foi aceita, e negou sondagens do Flamengo e do Internacional. “Nem por todo o dinheiro do mundo ele iria para o Inter”, declarou.

O empresário espera colaboração do Grêmio em relação às propostas que devem chegar. “Acredito que o Grêmio, como tem 70% dos direitos econômicos e 100% dos direitos federativos, também vá aceitar propostas, porque é um ativo do clube e todo mundo sabe como é difícil fazer dinheiro hoje em dia”, finalizou.

Deixe seu comentário