Fortaleza publica nota em repúdio à violência contra a mulher após caso envolvendo ex-conselheiro - Gazeta Esportiva
Fortaleza publica nota em repúdio à violência contra a mulher após caso envolvendo ex-conselheiro

Fortaleza publica nota em repúdio à violência contra a mulher após caso envolvendo ex-conselheiro

Gazeta Esportiva

Por Redação

06/02/2024 às 20:27 • Atualizado: 07/02/2024 às 14:02

São Paulo, SP

Nesta terça-feira (6), o Fortaleza publicou uma nota repudiando “qualquer forma de violência contra as mulheres”. No texto, o clube lamenta os ocorridos do último sábado (3), em que um homem de 44 anos, membro do Conselho Fiscal do clube, foi autuado em flagrante por importunação sexual, ao beijar sem consentimento uma mulher na Arena Castelão, após jogo entre Fortaleza e América-RN, pela Copa do Nordeste.

Na nota emitida, o clube se disponibilizou em “colaborar integralmente com as investigações” e oferecer o suporte psicológico e jurídico necessário à vítima. O Fortaleza também reiterou ações que vem promovendo voltadas à “prevenção de variadas manifestações de violência”, dentre elas entre elas o combate ao feminicídio, divulgação do Disque 180 e as campanhas da “câmara do desrespeito” e “#ElasSãoInsubstituíveis”. “Por tudo isso, o Clube seguirá vigilante no combate à violência de gênero e suas mais diversas manifestações”, concluiu o Fortaleza, no texto.

Preso em flagrante na ocasião, o acusado passou por uma audiência de custódia na última segunda-feira (5), quando foi solto para aguardar o andamento das investigações. No mesmo dia, o Conselho Deliberativo do Fortaleza publicou nota comunicando seu pedido de renúncia do cargo do Conselho Fiscal.

Confira o texto na íntegra:

O Fortaleza Esporte Clube repudia qualquer forma de violência contra as mulheres, tanto nas dependências esportivas quanto fora delas.

O Clube lamenta profundamente os acontecimentos do último sábado (3) e disponibiliza-se a colaborar integralmente com as investigações, bem como a oferecer suporte psicológico e jurídico à vítima.

Em inúmeras ocasiões, o Fortaleza tem promovido e apoiado iniciativas voltadas à prevenção de variadas manifestações de violência, como o combate ao feminicídio, a divulgação do Disque 180, a campanha da câmara do desrespeito e campanha #ElasSãoInsubstituíveis, por exemplo.

Além disso, há mais de um ano, o Clube recebe em todos os seus jogos na Arena Castelão o Ônibus Lilás, unidade móvel da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), do Governo do Estado do Ceará, que presta assistência às mulheres em situação de violência.

Por tudo isso, o Clube seguirá vigilante no combate à violência de gênero e suas mais diversas manifestações.


Conteúdo Patrocinado