Roger Machado defende estilo reativo do Fluminense

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

07-06-2021 18:12:04

O pragmatismo é a tônica no Fluminense do técnico Roger Machado, que vai avançando nas competições de 2021. Sem a pretensão de propor o jogo, o estilo reativo é usado sem desculpas e, até agora, está dando certo.

O Tricolor está nas oitavas da Libertadores, na terceira fase da Copa do Brasil. No Campeonato Brasileiro, ocupa a sexta colocação após empatar sem gols com o São Paulo no Morumbi e vencer o Cuiabá em casa pelo placar mínimo.

"Primeiro que o futebol não é uma disputa de quem tem mais posse de bola. É uma disputa de quem tem a posse de bola e consegue ser mais eficiente", apontou Roger neste domingo.


"Eu costumo analisar algumas métricas importantes que é a posse de bola relacionada a quantas vezes eu consigo finalizar ao gol adversário ou chegar no último terço do campo empurrando o adversário para trás. Eu posso ser extremamente ofensivo tendo 40% de posse de bola e chegando 10, 15 vezes no último terço finalizando 5 ou 6 vezes com perigo do que aquele que teve 60% de posse", completou o treinador defendendo seu ponto de vista.

Mesmo sem apresentar um futebol vistoso e que encante os críticos, o Fluminense venceu três dos últimos quatro jogos e está há três partidas sem sofrer gols.

Além da boa campanha no Brasileirão, o Tricolor está perto da vaga nas oitavas da Copa do Brasil. Após vencer o Bragantino por 2 a 0 no Maracanã, decide a vaga no interior paulista nesta quarta-feira com a vantagem de poder perder até por 1 a 0.

Na Libertadores, após uma vitória histórica sobre o River Plate em Buenos Aires, avançou às oitavas com o primeiro lugar do grupo. Na próxima fase, entra como favorito no confronto com o Cerro Porteño-PAR e decidirá a vaga em casa.

Deixe seu comentário