Futebol

Oswaldo terá desafio de mesclar estilo Diniz com proteção defensiva

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
23/08/2019 13:52:55

Em: Fluminense, Futebol
O novo treinador do Fluminense não comandou a equipe no último jogo (Foto: Yohei Kamiyama/Urawa)

O técnico Oswaldo de Oliveira vai começar nesta segunda-feira a sua missão à frente do elenco do Fluminense. Ele substitui a Fernando Diniz, demitido após a derrota de 1 a 0 para o CSA no fim de semana. E o grande desafio do novo comandante é justamente conciliar o estilo ousado deixado pelo ex-treinador com uma maior proteção ao sistema defensivo, que estava mais exposto.

Fernando Diniz viu o Fluminense levar gol em todos os jogos que o time fez desde que voltou do recesso das competições de clubes por conta da disputa da Copa América do Brasil. Aliás, a última vez que o time havia passado em branco com o comandante que estava no cargo até segunda-feira foi em 9 de junho, no empate sem gols com o Flamengo.


Na última quinta-feira, porém, já sob o comando do auxiliar Marcão, o Tricolor segurou o Corinthians e arrancou um 0 a 0 em São Paulo na rodada de ida das quartas de final da Copa América. Isso deixou visível como Diniz não vinha conseguido aliar uma proteção defensiva ao seu estilo de jogo ousado.

“Ficamos felizes por não termos levado gols contra o Corinthians, pois há muito tempo que a gente não zerava. Conseguimos anular isso do Corinthians dentro da casa deles e mesmo diante de um adversário que é muito perigoso nas bolas paradas. Vínhamos em uma formação mista defensiva e tivemos que trabalhar o posicionamento muito na base da conversa por conta da falta de tempo”, comemorou Marcão.

A estreia de Oswaldo de Oliveira será justamente contra o Corinthians, na partida de volta das quartas de final, marcada para a próxima quinta-feira no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). A delegação retornou de São Paulo nesta sexta-feira e os jogadores foram liberados em seguida.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com