Muricy recebe alta e fará consulta com médico pessoal em São Paulo

São Paulo, SP

18-05-2016 13:22:02

O técnico do Flamengo, Muricy Ramalho, recebeu alta do Hospital Samaritano, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, no início da tarde desta quarta-feira. Chefe do departamento médico do Rubro-Negro, Márcio Tannure divulgou o boletim do estado de saúde do comandante, que agora vai a São Paulo para fazer uma consulta com o seu médico particular, responsável por cuidar do problema cardíaco do treinador.

O técnico, portanto, aguarda o aval de seu médico particular para retornar ao comando do Flamengo.  "O professor Muricy Ramalho está tendo alta hoje. Está bem, passa bem. Encontra-se com ritmo cardíaco normal. Ele vai ser reavaliado pelo médico dele, que o acompanhou desde o início junto com o doutor Fernando Bassan aqui do Hospital Samaritano. Após essa avaliação com o médico dele, que foi quem o atendeu em São Paulo, o doutor Bernardino quem dará a conduta para a gente de quando ele pode voltar a trabalhar normalmente. Esperamos que seja o mais rápido possível, mas estamos aguardando essa ida dele a São Paulo e a resposta do médico pessoal dele", explicou o médico do clube carioca.

Na tarde da última terça-feira, Muricy Ramalho sofreu uma arritmia cardíaca e foi prontamente levado ao hospital. Dessa forma, o técnico nãoestará à frente da equipe no duelo com o Fortaleza, na noite desta quarta, às 21h45 (de Brasília), pela segunda fase da Copa do Brasil. O treinador deverá acompanhar o jogo de sua casa. Jayme de Almeida e Tata comandarão o time.

Nesta manhã, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello falou sobre a atual situação de Muricy e o jogo de logo mais, em que o time precisa reverter desvantagem para o Fortaleza.

"O importante é cuidar da saúde. A orientação passada para o time vai ser seguida pelos auxiliares. Tata e Jayme dispensam comentários. Ele está se comunicando normalmente com a delegação, que já está em Volta Redonda. Como provavelmente ele já vai ter tido alta, vai estar em casa assistindo ao jogo e cuidando de sua saúde, mas sem largar o Mengão", declarou o dirigente ao canal Sportv.

Deixe seu comentário