Futebol

Com gol no fim, garotos do Flamengo batem Volta Redonda no Maracanã

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
25/01/2020 20:06:36 — 25/01/2020 20:32:55

Em: Campeonato Carioca, Flamengo, Futebol

Mesmo com uma equipe formada por jovens, o Flamengo tem mostrado força na Taça Guanabara e neste sábado venceu por 3 a 2 o Volta Redonda, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a sete pontos, na liderança do grupo A. Já o Voltaço, com seis, perdeu seus primeiros pontos no primeiro turno do Campeonato Carioca.

A partida foi movimentada durante os 90 minutos. O Volta Redonda foi mais competente no primeiro tempo e foi para o intervalo a frente no placar após gol de João Carlos. Só que na etapa final, o Flamengo virou com gols de João Lucas e Rodrigo Muniz. No final, o Voltaço empatou com Saulo, mas viu Bill decretar o triunfo rubro-negro.

Na próxima rodada, o Flamengo terá o clássico contra o Fluminense, nesta quarta-feira, no Maracanã. No mesmo dia, o Volta Redonda enfrenta o Bangu, em Moça Bonita.

O jogo – O Flamengo começou melhor a partida, buscando pressionar o Volta Redonda. No entanto, os rubro-negros criaram sua primeira boa chance somente aos 12 minutos. Rodrigo Muniz recebeu passe na área e chutou para grande defesa de Douglas.

O Volta Redonda conseguiu equilibrar as ações depois da parada técnica. Os visitantes quase marcaram aos 31 minutos. Pedrinho arriscou da entrada da área obrigou Gabriel Batista a fazer grande defesa.

O Voltaço abriu placar aos 33 minutos. Após cobrança de escanteio, João Carlos subiu mais que a zaga e cabeceou para a rede.

O revés fez com que o Flamengo voltasse a busca o ataque com intensidade. Os rubro-negros chegaram com perigo após chutes de Pepê e Hugo Moura.

Nos minutos finais, os rubro-negros seguiram na pressão e quase empataram com Pepê e Yuri César, mas viram o Volta Redonda manter a vantagem até o intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo manteve a postura ofensiva e foi recompensado logo aos três minutos. Rodrigo Muniz aproveitou cruzamento e cabeceou para o gol, mas viu Daniel salvar em cima da linha. Só que a bola sobrou para João Lucas. O lateral chutou mal, mas contou com a falha de Douglas para empatar o placar.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O Volta Redonda só voltou a atacar após o revés. Os visitantes quase marcaram o segundo aos 11 minutos. João Carlos aproveitou cruzamento e chutou bonito muito próximo do travessão. O Flamengo respondeu em seguida. Lucas Silva foi lançado e ficou de frente para Douglas. O atacante finalizou, mas viu o goleiro salvar o Voltaço com os pés.

A partir dai, o jogo ficou equilibrado, com as duas equipes voltadas para o ataque. Tanto Volta Redonda quanto o Flamengo chegaram com perigo ao gol adversário.

Quem marcou o segundo foi o Flamengo, aos 30 minutos. Rodrigo Muniz aproveitou cruzamento e cabeceou para a rede.

Depois disso, o Volta Redonda se lançou ao ataque e foi premiado aos 41 minutos. Saulo foi lançado na área e tocou na saída de Gabriel Batista para empatar novamente o jogo.

Quando parecia que o duelo ficaria igual no Maracanã, o Flamengo marcou o terceiro gol, aos 45 minutos. Bill fez jogada individual e chutou colocado, sem chance para Douglas para dar números finais a partida.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 3 X 2 VOLTA REDONDA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 25 de janeiro de 2020, sábado
Hora: 18h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Lilian da Silva Bruno e Diego Neto Corrêa Turco
Renda: R$ 515.139,50
Público: 21.422 pagantes
Cartões amarelos: Vinícius, Bill e Pepê (Flamengo); Bruno Barra e Daniel (Volta Redonda)
Cartões vermelhos:
GOLS
FLAMENGO: João Lucas, aos 3min do segundo tempo; Rodrigo Muniz, aos 30min do primeiro tempo; Bill, aos 45min do segundo tempo
VOLTA REDONDA: João Carlos, aos 33min do primeiro tempo; Saulo, aos 41min do segundo tempo

FLAMENGO: Gabriel Batista, João Lucas (Matheuzinho), Dantas (Vitor Gabriel), Rafael Santos e Ramon; Vinicius, Hugo Moura, Yuri César (Bill) e Pepê; Lucas Silva e Rodrigo Muniz
Técnico Maurício Souza (auxiliar)

VOLTA REDONDA: Douglas Borges; Oliveira, Heitor, Daniel Felipe e Luiz Paulo; Bruno Barra, Wallisson (William), Marcelo e Bernardo (João Vitor); Pedrinho e João Carlos (Saulo)
Técnico: Luizinho Vieira