Saudados pela torcida, Ábila e Sóbis são apresentados no Mineirão

Do correspondente Gustavo Aleixo - Belo Horizonte,MG

03-07-2016 11:09:24

Se Ramón Ábila e Rafael Sóbis irão formar uma nova dupla de ataque no Cruzeiro, isto apenas o tempo e o técnico Paulo Bento poderão confirmar. Porém, neste domingo, a torcida celeste pôde ao menos ver ambos os reforços lado a lado no Mineirão, mesmo que não tenha sido trocando passes em meio a uma partida oficial.

Isto, porque Ábila e Sóbis, tal qual uma dupla, foram apresentados em conjunto pelo clube celeste pouco antes da partida contra o Vitória, marcada para as 11h (de Brasília). Das mãos do presidente Gilvan de Pinho Tavares, os reforços receberam e vestiram a camisa celeste para, logo depois, falarem rapidamente sobre a satisfação de defenderem as cores do Cruzeiro.

“Sabemos o quanto foi difícil a negociação e hoje, finalmente, estamos aqui, todos felizes. A expectativa é melhor possível. Finalmente, estou vestindo esta camisa, sempre sofri muito jogando contra esse clube e sempre tive o sonho de um dia estar vestindo esta camisa. Espero dar o meu melhor e fazer com que o Cruzeiro siga este momento de vitórias e ajudar os companheiros para que a gente vá o mais longe possível”, disse Rafael Sóbis, que estava no Tigres, do México, e assinou por três temporadas com a Raposa.

“Ainda não falo o português, estou aprendendo. Muito contente por ter chegado a este grande clube. Estivemos vários dias na Argentina destravando a situação que estava bastante complicada. Estou muito contente, muito feliz. Tive a possibilidade de jogar contra o Cruzeiro (na Libertadores do ano passado) e fiquei encantado com o clube e hoje estou deste lado. Então, obrigado aos sócios, a toda a gente pela recepção. Espero fazer muitos gols e ter o melhor rendimento em campo. Tenho a expectativa de ganharmos, sermos campeões e brigar por todos os títulos possíveis”, colocou Ábila, que foi contratado junto ao Huracán, da Argentina, e fechou vínculo por quatros anos com o Cruzeiro.

Pelo clube mineiro, Rafael Sóbis vestirá a camisa 7, enquanto que Ábila envergará o número 50, em alusão ao cinquentenário da Taça Brasil de 1966. Ambos os reforços concederão entrevista coletiva ainda na manhã de segunda-feira, na Toca da Raposa II.

Após a apresentação oficial na sala de imprensa do Mineirão, Ábila e Rafael Sóbis adentraram o gramado do estádio e foram saudados pela torcida cruzeirense, que terá que esperar mais um pouco para ver a dupla em ação com a camisa celeste. Como vinham em processo de pré-temporada por suas antigas equipes, ambos os reforços ainda aprimoram a forma física e, inclusive, treinaram neste domingo na Toca II, visando ficar o mais rápido possível à disposição da comissão técnica.

Diante disso, existe a expectativa de que Ábila e Sóbís ganhem condições legais e físicas de jogos para atuar já no próximo dia 11 de julho, segunda-feira, quando o Cruzeiro recebe o Atlético-PR, às 20h, no Mineirão.

Gilvan destacou alto investimento feito pelo Cruzeiro (Juliana Flister/Light Press)
Gilvan destacou alto investimento feito pelo Cruzeiro (Juliana Flister/Light Press)

Negociações difíceis – Antes apresentar os novos reforços, o presidente Gilvan de Pinho Tavares concedeu algumas palavras à imprensa e, assim como destacaram Sóbis e Ábila, o mandatário celeste também ressaltou o esforço, bem como o alto investimento feito pela diretoria celeste acertar a contratação de ambos os jogadores.

“Hoje, estamos apresentando dois atletas de renome internacional. Negociações muito difíceis, porque atletas valorizados a gente tem dificuldade para contratar por dois motivos, pela concorrência de outros clubes de várias nações, como foi o caso do Ábila e também do Sóbis. Vários clubes brasileiros e estrangeiros queriam e os clubes aos quais eles estavam ligados também não queriam abrir mão de jogadores tão valorizados e de tanto prestígio junto as suas torcidas. Demoradas as negociações, mas acabou dando certo e evidentemente que os valores são à altura dos craques que são”, destacou o presidente.

“São atletas ganhadores de títulos, atacantes de frente sempre muito habilidosos e perigosos e estou dando as boas-vindas a estes dois atletas. Espero que venham somar ao Cruzeiro, porque estávamos precisando de atletas do nível deles para melhorar nosso ataque”, concluiu.

Deixe seu comentário