Futebol/Bastidores

Justiça determina afastamento de Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro

Marcellus Madureira - Belo Horizonte , MG
10/07/2019 19:19:14 — 10/07/2019 19:51:35

Em: Bastidores, Cruzeiro, Notícias
Itair Machado está afastado da vice-presidência do Cruzeiro (Foto: Vinnicius Silva/CEC)

O juiz Octávio de Almeida Neves, da 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte, determinou nesta quarta-feira o afastamento imediato de Itair Machado do cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro. A decisão acontece em decorrência de uma ação movida por sócios e conselheiros do clube, que conta com a participação de Gilvan de Pinho Tavares, ex-mandatário máximo.

Com a determinação judicial, o dirigente está impedido de praticar qualquer ação referente ao posto de vice-presidente do Cruzeiro, fato que era possível por conta de uma procuração firmada pelo clube. Na última semana, a juíza Lílian Bastos de Paula, da 22ª Vara Cível de Belo Horizonte, indeferiu o pedido de afastamento de Itair Machado.

“Por consequência, Itair Machado fica impedido de praticar quaisquer atos de gestão inerentes à função no comando do Cruzeiro e de se valer dos poderes outorgados a ele no instrumento de procuração firmado pelo clube”, despachou o juiz.

O grupo de associados e conselheiros do clube entraram com a ação por conta dos R$ 4 milhões que o vice-presidente de futebol recebeu em remuneração do Cruzeiro no último ano, além de uma série de outras irregularidades. Itair Machado ainda poderá recorrer da decisão na Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Os 31 integrantes do grupo buscavam o afastamento imediado do cartola, mas a determinação aconteceu apenas nesta quarta-feira, um dia antes do confronto entre Cruzeiro e Atlético-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil.