Vítor Pereira volta a comentar sobre Róger Guedes: “Preciso de compromisso, entrega”

São Paulo, SP

27/05/22 | 16:00 - 27/05/22 | 17:46

O técnico do Corinthians voltou a dar declarações fortes ao ser questionado sobre Róger Guedes nesta sexta-feira, dia seguinte ao empate em 1 a 1 com o Always Ready, da Bolívia, pela Copa Libertadores. Em entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava, Vítor Pereira novamente pediu mais entrega e compromisso do atacante.

“Vou tentar hoje finalizar esse assunto do Róger Guedes, porque não sou muito de novela. Ninguém quer saber da verdade, as pessoas só querem saber das polêmicas. O que eu quero dizer pro Róger é que temos que ser exigentes. Todos os títulos que ganhei na minha carreira foram na base da exigência, compromisso, trabalhar no limite, dar tudo de nós. Isso são coisas que não se podem negociar. Isso é inegociável. Não é negociável ir ao treino e não fazer tudo, não se entregar de corpo e alma”, disse Vítor Pereira.

“Eu me entrego de corpo e alma todos os dias da minha vida. Minha exigência comigo próprio tem que ser igual à exigência que tenho com meus atletas. Para o Róger e para qualquer um aqui, para ter oportunidade de mostrar sua qualidade, e a qualidade do Róger não está sendo questionada, mas preciso de compromisso, entrega, espírito de sacrifício, buscar ser o melhor, claramente dizer pra mim que quer ajudar”, prosseguiu o técnico corintiano.


Vítor Pereira também se mostrou um tanto quanto descontente com a falta de resposta de Róger Guedes após várias conversas com o jogador. Nesta quinta-feira, contra o Always Ready, o atacante recebeu uma oportunidade no segundo tempo, mas pouco fez para evitar o empate em plena Neo Química Arena.

“Já tive uma conversa, duas conversas, três conversas e não vejo alteração nenhuma. Com meus filhos são iguais. Não adianta dizer que vai estudar, mas não estuda. Chega uma hora que não adianta conversar. Ou mostra ou não mostra. Não podemos inverter os papéis. As vezes dá a impressão de que eu que estou errado por estar exigindo de todos luta, ser competitivo. Isso não posso aceitar. Todas as vezes que chego aqui, sou cobrado. Quando falo dele, falo dele e de todos os outros”, pontuou Vítor Pereira.

Apesar das fortes cobranças, o treinador corintiano sinalizou que Róger Guedes está melhorando gradativamente e espera que o atleta volte a mostrar sua melhor versão dentro das quatro linhas para receber mais oportunidades.

“Nos outros dias já vi um Róger diferente. Espero que pro bem do clube, pro meu bem, pro bem da torcida, pro bem dos nossos objetivos, que ele se entregue à causa, tenha compromisso, esteja em seu melhor nível, respeite ele próprio, seja exigente com ele mesmo. Isso é o mínimo que podemos fazer no clube. Isso é verdade, o resto é polêmica”, concluiu.

Deixe seu comentário