Sidcley se defende de postagem e críticas de torcedores do Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

23-03-2020 19:12:15

No último sábado, Sidcley foi protagonista de algumas postagens no Instagram. Os vídeos mostraram o lateral do Corinthians jogando bola na rua e reunido com amigos em um ambiente fechado.

Desde então, o jogador passou a sofrer muitas críticas nas redes sociais. Sidcley não estaria respeitando o período de quarentena, imposto pelas autoridades e recomendado pelo próprio clube devido ao surto da Covid-19. A repercussão foi publicada pelo site Meu Timão.

Nesta segunda-feira, porém, durante entrevista por telefone à Gazeta Esportiva, Sidcley se defendeu e deu sua versão para o caso.

“Me mandaram isso também. Falei: ‘Nossa senhora, até nisso! Até em casa, na quarentena, tá louco...’”, comentou, incomodado.

“Um amigo meu é amigo desse menino, não conheço ele direito, mas falei com ele”, explicou.

“Agora, vou fazer o quê? É a minha palavra contra a dos caras. Uns vão dizer que é mentira, outros que é verdade... Eu estou tranquilo. Se foi para me prejudicar, vou fazer o quê? Estou com a minha consciência tranquila, não posso fazer nada”.

“Como eu estava às 7 horas da manhã batendo bola e às 9 horas treinando? Eu postei lá meu treino em casa, estou fazendo isso todos os dias. Isso daí que o cara postou foi durante as férias de dezembro, que eu estava em Curitiba”, completou.

Rotina
Sem obrigação de comparecer ao CT Joaquim Grava, Sidcley está na Capital do Paraná, acompanhado da sua mãe e próximo da filha de três anos, que também mora em Curitiba, com a mãe.

Para amenizar a perda de condicionamento físico, o jogador está seguindo o plano dos preparadores físicos do Corinthians, que enviam tudo por whatsapp.

“Não parei, não. Desde quando acontecei isso, estou treinando todo dia. Com bola, só trabalho movimento. Tem um campo aqui no quintal de casa”, contou.

“Eles passaram o que é para fazer, para manter. Sabem que é difícil assim, só dentro de casa, mas o pessoal passou todas as orientações”, afirmou.

“Eu tento treinar de manhã, umas 9 horas. Até hoje, só treinei de manhã, sempre no mesmo ritmo. Acho melhor”.


 

Deixe seu comentário